Clique e assine por apenas 8,90/mês

Conceito de SUV da Nissan é pontapé para novo design da marca

Apresentado no Salão de Tóquio, Ariya é um SUV-conceito elétrico com modo de condução autonômo

Por Renan Bandeira - Atualizado em 24 out 2019, 10h39 - Publicado em 24 out 2019, 07h00
Conceito antecipa a nova cara aos veículos da marca Divulgação/Nissan

A Nissan apresentou no Salão de Tóquio o Ariya Concept. Se tudo correr como o planejado, o crossover elétrico será a base para a próxima tendência de estilo que deve nortear o design da marca japonesa nos próximos anos.

Os vincos do capô trazidos pelo conceito são os mesmos vistos nos veículos da marca por aqui, porém, os faróis em LED mais finos e a grade maior com o emblema iluminado são inéditos.

Conceito tem faróis full-led Divulgação/Nissan

Embora ainda seja um conceito, o veículo não possui ar tão futurista. A lateral é lisa, com apenas um vinco pouco abaixo dos retrovisores externos, destacando as rodas de 21 polegadas.

A lanterna traseira é de LED e inteiriça, percorrendo toda a traseira. Fugindo um pouco do formato tradicional de SUVs, a coluna C é mais fina, porém o veículo possui o mesmo caimento de teto dos demais carros da categoria.

A coluna traseira é estreita e o caimento do teto acentuado. Divulgação/Nissan

Internamente, o painel de instrumentos é uma tela de 12,3 polegadas touchscreen e os bancos são revestidos de couro, assim como as colunas internas. Chama a atenção detalhes como o acabamento em alumínio cor de cobre no painel, bancos e volante.

Continua após a publicidade

A propulsão elétrica é feita por dois motores, um para cada eixo, que garantem tração integral ao veículo. Um sistema inteligente batizado de Nissan Patrol gerencia a transferência de torque e a atuação dos freios para garantir uma rodagem suave sem perda de tração. E ele ainda conta com controle de tração.

Painel digital concentra todas as informações ao alcance dos olhos. Divulgação/Nissan

O conceito conta também com o sistema de assistência de condução ProPILOT 2.0, que, alinhado ao sistema de navegação do carro, permite acionar o modo de condução autônomo.

Entre os mimos tecnológicos, o SUV traz sistema de boas vindas que acende as luzes e abre a porta para o condutor sem que ele sequer pegue a chave nas mãos, apenas pela aproximação. E, assim que a porta é aberta, todas as configurações personalizadas pelo motorista se ajustam automaticamente como posição do banco, temperatura da cabine e demais preferências que podem ser salvas no celular.

O espaço interno é de SUV médio compacto Divulgação/Nissan

O veículo ainda pode ser sincronizado a agenda do condutor para antecipar a preparação do SUV antes da chegada do proprietário. Assim que entra no carro, o assistente virtual pode iniciar buscas de lugares para estacionar e indica lugares para uma possível recarga elétrica.

Como bom carro japonês, o Ariya usa o padrão de recarga CHAdeMo, que permite carregar as baterias totalmente em cerca de 30 minutos, desde que a recarga seja feita em uma estação de carga rápida, como corrente contínua.

Continua após a publicidade
Publicidade