Clique e assine por apenas 8,90/mês

Citroën lança série para celebrar 100 anos e promete dobrar vendas

Marca veste C3, C4 Cactus, Aircross e C4 Lounge com roupagem centenária e faz projeção com crescimento e um lançamento ao ano até 2023

Por Leonardo Felix e Paulo Campo Grande - Atualizado em 18 jun 2019, 11h25 - Publicado em 17 jun 2019, 21h02
Citroën C4 Cactus 100 Anos Divulgação/Citroën

A Citroën comemora 100 anos como fabricante de automóveis em todo o mundo, e resolveu envolver a divisão brasileira nas celebrações.

Por isso, lançou nesta segunda-feira (17) a série… 100 Anos , limitada a 550 unidades, para toda a gama de automóveis da marca comercializados no país. Serão 100 exemplares de C3, 100 do Aircross, 300 do C4 Cactus e 50 do C4 Lounge.

C3 tem a mesma pintura contrastante da versão Urban Trail Divulgação/Citroën

Todos são baseadas nas versões de topo dos respectivos modelos e pintadas de branco Nacré. No caso de C3 e Cactus, o teto é bicolor em tom preto. Confira os preços:

  • C3 100 Anos: R$ 71.990
  • C4 Cactus 100 Anos: R$ 104.490 (inclui três primeiras revisões grátis)
  • Aircross 100 Anos: R$ 75.490
  • C4 Lounge 100 Anos: R$ 107.490

Os modelos recebem rodas pretas, faixas decorativas em dourado nas capas dos retrovisores externos, insígnias com a inscrição “Origins since 1919” nas laterais, bancos com inscrição bordada “Origins”, tapetes estilizados e inscrição “100 Anos” na traseira.

Série estiliza os modelos com a temática dos 100 anos Divulgação/Citroën

Enquanto C4 Cactus e Lounge vêm equipados com motor 1.6 turboflex de 173 cv, C3 e Aircross usam o propulsor 1.6 naturalmente aspirado de 118 cv. Todos usam câmbio automático de seis marchas.

Faixas douradas tentam dar toque de classicismo aos modelos Paulo Campo Grande/Quatro Rodas

Também como forma de celebrar o centenário, a empresa fechou um acordo com a Cabify para fazer corridas de táxi em carros clássicos da marca, como 2CV, Traction Avant e DS. Tais veículos serão, ainda, expostos em suas revendas.

Além disso, a fabricante apresentou um plano deveras ambicioso para voltar a ganhar espaço no mercado nacional nos próximos anos.

Clássicos como este estiloso 2CV com teto vermelho serão expostos em concessionárias e usados como táxi Paulo Campo Grande/Quatro Rodas

Com o C4 Cactus presente pela primeira vez num ano cheio de emplacamentos, a empresa projeta dobrar as vendas em 2019, passando de 1% para 2% de participação. Para isso, pretende expandir sua rede concessionárias de 95 para 125 pontos.

Até 2022 a meta é dobrar o número de autorizadas e, até 2023, promover o lançamento de pelo menos um novo carro por ano. Para 2019, o escolhido muito provavelmente será o SUV médio C5 Aircross.

Continua após a publicidade
Publicidade