Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Citroën deve baratear carros para renovar a marca

DS se tornará marca premium independente

Por redação Atualizado em 9 nov 2016, 13h47 - Publicado em 23 jun 2014, 13h20
fabricantes

A montadora francesa Citroën deverá baratear seus carros e passar para o mercado de entrada nos próximos anos para reavivar a marca. Segundo a Reuters, como parte da nova estratégia, a fabricante lembrará suas raízes para tornar-se mais acessível.

O primeiro passo no plano já foi feito com o C4 Cactus. Com um preço de cerca de 14.000 euros, o veículo está posicionado bem abaixo dos rivais do segmento de compactos, como o Volkswagen Golf e o Opel Astra.

O design inteligente e simples será uma parte fundamental na estratégia de recuperação da empresa. Alexandre Malval, designer-chefe da Citroën, diz que “todo mundo está tentando expressar agressividade e esportividade”, mas ele acredita que “isso é um pouco antiquado, e a Citroën deve seguir seu próprio caminho”.

Carlos Tavares, novo executivo-chefe da Citroën, prevê o grupo PSA dividido em três camadas com a DS se tornando uma marca premium independente, a Peugeot se movendo um pouco mais para o mercado de luxo e rivalizando com a Volkswagen e a Citroën oferecendo produtos de nível de entrada.

Continua após a publicidade

Publicidade