Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Chevrolet Onix RS terá câmbio manual na Argentina (mas não como queríamos)

Modelo destinado à mercado vizinho deixa de lado transmissão automática do brasileiro, mas tem apenas cinco marchas

Por Gabriel Aguiar 5 jan 2021, 16h31
Visual tem apelo esportivo com spoiler dianteiro e grade preta
Como no Brasil, o Onix RS da Argentina terá apenas apelo visual Fernando Pires/Quatro Rodas

O Chevrolet Onix RS estreou na Argentina e deixou na fronteira o câmbio automático: por lá, a versão esportivada terá somente transmissão manual – ainda que não seja bem aquela que a gente (e, provavelmente, nossos hermanos) gostaria.

Isso porque, lá, em vez do câmbio com seis marchas presentes em todas as versões manuai no nosso país, há apenas cinco marchas, mesmo nas configurações com motor 1.0 turbo. Ainda assim, segundo a própria marca, a opção vendida no país vizinho será mais rápida.

Enquanto o Onix RS precisaria de (declarados) 10,4 segundos para chegar aos 100 km/h – no teste da QUATRO RODAS, levou 12,2 s e foi mais lento que a opção convencional –, a variante destinada à Argentina leva 10,1 s, afirma a Chevrolet.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 6,90

Por enquanto, não há confirmação de preços para nossos vizinhos. Mas a expectativa é de que, assim como no Brasil, a opção esportivada fique no meio da tabela, abaixo da versão Premier II (que custa 1.951.900 pesos, ou R$ 122.181 na conversão).

Onix RS
Para nossos vizinhos, o hatch terá câmbio manual de cinco marchas Fernando Pires/Quatro Rodas

Como aconteceu por aqui, não haverá mudanças de motorização no Onix RS, que terá o mesmo motor 1.0 turbo das opções mais caras. Movido apenas a gasolina para o mercado argentino, o hatch terá 116 cv de potência e 16,3 kgfm de torque.

  • Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Capa Quatro Rodas 740

    Continua após a publicidade
    Publicidade