Chevrolet mostra versão conversível do Camaro ZL1

Revelado no Salão de Nova York, roadster também adota motor V8 do Corvette Z06 e fica mais potente

Chevrolet Camaro ZL1 Chevrolet Camaro ZL1

Uma das versões mais apimentadas do Camaro atual, junto com o (mais caro) Z28), o ZL1 entrou na linha 2017 ainda mais potente com seu motor V8 6.2 supercharger de 649 cv de potência. E uma semana depois de revelar o cupê, a Chevrolet mostra no Salão de Nova York o modelo conversível, que promete bagunçar o penteado de quem pisar no acelerador do muscle com uma dose a mais de empolgação.

Como no cupê, o Camaro ZL1 conversível traz o motor V8 6.2 supercharger que também equipa o Corvette Z06, com 649 cv de potência (61 cv a mais do que o antigo ZL1) e mais do que suficientes 88,5 mkgf de torque. Os clientes terão à disposição duas opções de transmissão: o câmbio manual de seis marchas e a inédita transmissão automática de 10 velocidades que, vale lembrar, chegará até o final de 2018 em mais oito modelos da General Motors.

Leia mais:

>> Chevrolet Camaro atualiza versão ZL1 com 649 cv

>> Impressões: novo Chevrolet Camaro

>> Shelby GT -H: um Mustang preparado para locadoras

>> Diversão, velocidade e adrenalina nos trackdays

A Chevrolet não divulgou os números de desempenho da linha 2017 do ZL1, mas é esperado que ambos melhorem os números da versão anterior, que ia da imobilidade aos 100 km/h em 3,9 segundos e alcançava a velocidade máxima de 296 km/h. Ainda segundo a fabricante, o desempenho do modelo conversível é parelho com o do cupê, mesmo com os reforços estruturais mais pesados, comuns às versões sem teto.

Chevrolet Camaro ZL1 2 Chevrolet Camaro ZL1 2

Com aparência tão agressiva quanto a versão fechada, o ZL1 conversível traz aberturas e dutos de ar maiores na dianteira, capô e laterais – tudo moldado em túneis de vento e testes práticos nas pistas. Há ainda capô feito parcialmente de fibra de carbono, novo aerofólio traseiro, para-choque com novo difusor de ar e quatro saídas de escapamento com maiores dimensões do que o Camaro convencional. Para fazer bonito nos track days de final de semana, ele conta com controle de largada, seletor de modo de direção, diferencial de deslizamento limitado, suspensão com ajuste magnético (Magnetic Ride), conjunto de freios Brembo com pinças de seis pistões e grande discos de 15 polegadas (do tamanho da roda de alguns carros).

Chevrolet Camaro ZL1 3 Chevrolet Camaro ZL1 3

Por dentro, as novidades são apenas os bancos Recaro e volante de base achatada. Para quem quiser gravar a pilotagem e acompanhar os dados de desempenho em pista, o Camaro ZL1 conversível pode ser equipado opcionalmente com o Chevrolet Performance Data Recorder –  o mesmo oferecido no Corvette. Enquanto o Camaro ZL1 cupê chega no final deste ano nos Estados Unidos, a versão conversível estará disponível apenas no início de 2017.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s