Clique e assine com até 75% de desconto

CEO da Peugeot confirma fim da Hoggar

Derivada do 207, picape nunca vendeu bem

Por Vitor Matsubara Atualizado em 9 nov 2016, 13h48 - Publicado em 30 jun 2014, 14h28
fabricantes

O CEO da Peugeot, Maxime Picat, afirmou que a Hoggar deixará de ser produzida. Segundo o executivo, o fim da produção do modelo faz parte de uma nova estratégia da marca, na qual o portfólio de modelos vendidos pelo mundo será reduzido, caindo de 45 para 26 até 2020.

Projetada exclusivamente para o mercado brasileiro, a picape compacta chegou ao mercado em 2010, após a matriz ter investido R$ 100 milhões no desenvolvimento do projeto. No entanto, suas vendas nunca decolaram, e a Hoggar acabou na última colocação do segmento, sendo superada até pela veterana Ford Courier, descontinuada em 2013.

O fim da produção da picape já vinha sendo especulado há meses, especialmente depois da chegada do 208 no ano passado – a Hoggar era baseada no 207, embora tivesse uma plataforma própria, com a parte dianteira do 207 e a traseira do utilitário Partner para suportar carga na caçamba.

Nem o fato de ter uma das maiores caçambas da categoria e a boa capacidade de 742 quilos foram suficientes para melhorar o desempenho do modelo, que acabou sendo superado por Chevrolet Montana, Volkswagen Saveiro e a líder do segmento Fiat Strada.

Continua após a publicidade
Publicidade