Clique e assine por apenas 8,90/mês

Brasil deixa posto de maior fabricante de veículos da América Latina

Em 2014, foram produzidas 3,1 mi de unidades contra 3,3 mi do México

Por Diogo Patroni - Atualizado em 9 nov 2016, 14h22 - Publicado em 5 mar 2015, 14h43
mercado

O mercado automotivo brasileiro vive uma de suas piores crises. De acordo com dados da Organização Internacional de Construtores de Automóveis (Oica), o País perdeu o primeiro lugar do ranking dos maiores produtores de veículos na América Latina. Posição que agora é ocupada pela México.

Em 2014, o Brasil produziu 3,1 milhões veículos, queda de 15,3% se comparado a 2013. Enquanto, os mexicanos foram responsáveis por 3,3 milhões de unidades, alta de 10% em relação ao ano anterior. Com a retração, o Brasil perdeu uma posição no ranking global dos produtores e agora ocupa o 8º lugar.

Já a produção total de veículos no mundo atingiu números recordes, com 89,5 milhões de unidades, e crescimento de 3%. A meta para 2015 é crescer mais 3% e encerrar o ano com 91 milhões de unidades.

Mas perspectivas não são favoráveis para o mercado brasileiro, que deve registrar nova queda. Além disso, o País também pode deixar o quarto lugar de maior mercado do mundo. Em 2014, foram vendidas 3,4 milhões de unidades, queda de 7% se comparado a 2013.

Fevereiro em baixa

Se 2014 foi ruim para a indústria nacional, 2015 tende a ser pior. Segundo a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), foram produzidas 200,1 mil unidades no último mês de fevereiro, queda de 2,3% em relação a janeiro. Já na comparação com o mesmo período do ano passado, o recuo é de 28,9%.

Continua após a publicidade
Publicidade