Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Brabus 900 Rocket Edition entra na briga para ser SUV mais rápido do mundo

Versão modificada do Mercedes-AMG GLE 63 S 4MATIC Coupe tem velocidade máxima de 330 km/h e supera rivais como Porsche Cayenne Turbo GT e Lamborghini Urus

Por João Vitor Ferreira 23 set 2021, 14h29
Brabus 900 Frontal
Brabus/Divulgação

Apresentado no 2021 Monaco Yacht Show, o Brabus 900 Rocket Edition – que não é um iate, diga-se de passagem – é a mais nova criação da preparadora Brabus. Agora foi a vez de um Mercedes-AMG GLE 63 S 4MATIC Coupe passar pelas mãos dos preparadores, que prometem ter criado o SUV mais rápido do mundo. 

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

O recorde ainda não está, de fato, estabelecido. Mas se depender do que está no papel é só questão de tempo até que o 900 Rocket receba seu título. Graças ao motor V8 de 900 cv com turbos de alto desempenho, o carro vai de 0 a 100 km/h em apenas 3,2 segundos, mas tem a velocidade máxima limitada em 330 km/h. 

Brabus 900 Rocket traseira
Com os números divulgados o Brabus 900 Rocket Edition superou o Porsche Cayenne Turbo GT 2022 como SUV mais rápido do mundo Brabus/Divulgação

Porém, a empresa especificou que esses números só podem ser alcançados com o conjunto de rodas Brabus Monoblock Y “Platinum Edition”, de 23 polegadas, calçadas com pneus Continental (295/30 ZR23 na dianteira e 335/30 ZR23 na traseira). A outra opção é o conjunto Brabus Monoblock Z “Platinum Edition”, de 24 polegadas, com discos de carbono expostos.

O torque máximo do 900 Rocket chega a 127,46 kgfm, mas com o intuito de “proteger” a transmissão automática de 9 velocidades, o número foi limitado a 107 kgfm. A força é passada às quatro rodas pelo mesmo sistema 4MATIC+ do Mercedes GLE de fábrica.

Brabus 900 Rocket Frontal
Além dos novos turbos, o motor V8 do Brabus 900 também recebeu pistões forjados maiores, hastes de pistão mais longas, virabrequim de tarugo, bombas de alta pressão, tubos de queda maiores e várias atualizações de software Brabus/Divulgação

Para conseguir parar o “foguete”, discos de freios de cerâmica de carbono perfurados de 400 mm na dianteira e 360 mm na traseira. Se preferir, o motorista também pode alternar entre as marchas manualmente, através das borboletas no volante.

Continua após a publicidade

A fim de aumentar a diversão de quem está dirigindo, o Brabus 900 Rocket Edition tem um exclusivo módulo para a suspensão a ar, capaz de reduzir a altura do SUV em até 25 mm, aumentando a dinâmica de direção pela redução do centro de gravidade.

O motorista também pode controlar o ronco do carro. O sistema de escapamento de aço inoxidável feito pela Brabus permite alternar entre o modo “Sport”, que extrai todas as notas agressivas do motor V8, ou o “Comming Home”, mais silencioso e discreto.

Brabus 900 Rocket lateral
Segundo a Brabus, todos as modificações no design foram feitas para aumentar a aerodinâmica e melhorar a dirigibilidade do SUV Brabus/Divulgação

Por fora, o carro tem mudanças pontuais em relação ao GLE no qual foi baseado, mas está claramente mais agressivo. Muito pela presença dos spoilers dianteiro e traseiro e dos acabamentos em fibra de carbono nos para-lamas alargados. Também vale destacar o símbolo da Brabus iluminado na grade dianteira, que tem detalhes em vermelho, assim como as rodas.

Se a cor vermelha é minimalista e usada só para dar um charme na parte externa, por dentro a história é outra. Praticamente todos os elementos da cabine estão contornados ou destacados em vermelho metálico – ou Rocket Red, como denominou a empresa -, como volante, botões, saídas de ar, costura dos bancos e alto-falantes. Os assentos e o resto do acabamento é feito em couro cinza ou Alcantara.

Interior Brabus 900 Rocket Edition
Para quem não gostou dos detalhes em vermelho, a empresa disse o design é todo customizável, incluindo as cores da carroceria e interior Brabus/Divulgação

Claro que tudo isso não será para qualquer um. Não só pelo fato do SUV custar 381.243 euros (mais de R$ 2,3 milhões de reais), mas também porque ele será limitado em somente 25 unidades.

Apenas por motivo de comparação, quem quiser levar o Brabus 900 Rocket para casa terá que desembolsar cerca de R$ 1,6 milhão de reais a mais do que pagaria em um GLE 63 S 4MATIC Coupe, que custa €$ 116.000 ou R$ 716.880 em conversão direta.

Bancos traseiros Brabus 900 Rocket edition
Bancos e a região de apoio para os pés receberam acabamento em couro com acolchoado em forma de crista Brabus/Divulgação

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

Capa 749
Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade

Publicidade