Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Audi quer largar na frente com protótipo de SUV elétrico

e-tron quattro concept será apresentado em Frankfurt

Por Rodrigo Furlan Atualizado em 9 nov 2016, 14h38 - Publicado em 19 ago 2015, 19h31
fabricantes

A Audi divulgou nesta quarta-feira (19) os primeiros teasers do e-tron quattro concept, modelo que será exibido ao público no próximo Salão de Frankfurt, em setembro. Mas este não é um carro-conceito que passará batido no portfólio da marca alemã: ele é uma prévia do futuro Q6, utilitário esportivo cuja principal característica será a motorização exclusivamente elétrica.

Quando chegar ao mercado, em algum momento de 2018, o Q6 provavelmente se tornará o primeiro SUV elétrico do mercado europeu. Bem antes disso – mais precisamente, no quatro trimestre de 2015, a Tesla Motors lançará o Model X, mas já se sabe que o volume de vendas será concentrado quase totalmente nos Estados Unidos.

Assim, não há como negar: a ideia da marca das quatro argolas é dar um passo à frente de suas grandes rivais, BMW e Mercedes-Benz, por um possível novo nicho de mercado. Mas, antes disso, é necessário convencer o público de que esta é uma aposta certeira.

Por isso, o e-tron quattro concept virá com características de topo. Apesar da aparência rústica, com para-lamas e saias laterais em plástico rígido, há destaques como os faróis com tecnologia Matrix em OLED, mesmo material empregado nas telas presentes na cabine (sistemas multimídia, sistema de entretenimento para os passageiros do banco traseiro, etc). Aliás, botões devem ser abolidos, com uso exclusivo de touchscreen.

Utilizando a já conhecida plataforma MLB, o conceitual conta com coeficiente de arrasto de 0,25, o que, segundo a Audi, representa a melhor marca para esse segmento. Além disso, em termos de tamanho, as dimensões do e-tron quattro concept serão um meio-termo entre o Q5 o Q7 – não por acaso, quando ganhar uma versão de produção, será adotado o termo Q6.

Sobre a motorização em si, haverá três motores elétricos, dois situados no eixo traseiro e um no eixo dianteiro. Trata-se de um sistema derivado daquele empregado no R8 e-tron, naturalmente garantindo a tração integral quattro. Para alimentá-los, haverá uma bateria de íon-lítio instalada entre os dois eixos, logo abaixo da área de passageiros. A Audi promete que ela permitirá uma autonomia superior a 500 km sem necessidade de recarga.

Continua após a publicidade

Publicidade