Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Até tu, Brutus?

Empresa italiana Pelpi mostrou a Brutus, uma proposta bem diferente para todo terreno

Por Ismael Baubeta Atualizado em 9 nov 2016, 12h09 - Publicado em 19 nov 2012, 16h18
Até tu, Brutus?

Apesar da crise na Europa, o salão de Milão (EICMA), que acabou no último dia 18 de novembro, não deixou a desejar no quesito novidades.

A empresa italiana Pelpi International é representante da Aeon – fábrica de scooters de Taiwan – na Europa e iniciou uma cooperação em pesquisa e desenvolvimento para a marca no Velho Continente. Daí surgiu a marca Over, que assina este projeto chamado Brutus, ainda um protótipo. O projeto é assinado por Alessandro Tartarini, filho do fundador da Italjet, marca italiana fabricante de scooters e bicicletas elétricas.

Os grande pneus “lameiros” ao estilo ATV dão a impressão de que se trata de um veículo para andar por dunas ou lugares intransponíveis para outros veículos, mas segundo a fábrica pode rodar pelo asfalto sem problemas. O chassi é de aço, com tubos de seção oval. Na traseira, uma robusta balança retangular impressiona pelas dimensões e o monoamortecedor é regulável na pré-carga da mola. Na dianteira, as bengalas são invertidas de 43 mm de diâmetro. Tanto na frente como atrás, dois discos de 260 mm são os responsáveis pelas frenagens. O motor é de 750 cc e rende 45 cv. A transmissão é automática do tipo CVT (com opção de duas velocidades).

Também está em desenvolvimento um Brutus para neve, com esteira para tração na traseira e dois esquis na frente.

O preço ainda não está definido e a moto deve estar à venda na primavera européia de 2013.

191112brutusesqui.jpg
Continua após a publicidade

Publicidade