Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Eco Chip

O produto garante que reduz o consumo em até 50%, mas na hora do teste não entregou uma fota de economia

Por André Paixão Atualizado em 22 abr 2021, 15h18 - Publicado em 9 Maio 2013, 14h23

teste-de-produtos teste-de-produtos

Em tempos de alta nos preços dos combustíveis, economizar ao encher o tanque é sempre um grande negócio. Para isso, qualquer produto que promete reduzir consumo ganha atenção especial. Melhor ainda se a economia anunciada for de até 50%, o que significa gastar metade do valor na hora de abastecer.

O economizador da vez é o Eco Chip. Desenvolvido pelo engenheiro alemão Walter Haberl, que mora no Brasil, ele é vendido há cerca de um ano, por preços que começam em 499,99 reais, para motores até 1,4 litro. A Eco Motor Systems, fabricante do produto, não explica tecnicamente como ele funciona, só diz que o Eco Chip atua diretamente na central eletrônica do veículo, mas sem alterar as configurações originais. A economia prometida é de até 50%, porém o cliente pode pedir reembolso se a eficácia não ultrapassar os 30%.

Entramos em contato com a empresa, que recomendou usarmos um Logan 1.0 em nosso tira-teima. Solicitamos o carro à Renault e o levamos para a pista de testes, sem o Eco Chip. No ciclo urbano, o consumo foi de 7,5 km/l, e no rodoviário, 9,9 km/l.

Ao recebermos pelo correio o Eco Chip, uma caixinha plástica de cerca de 4 cm de comprimento, seguimos o ritual de instalação, descrito em um manual enviado por e-mail para o comprador. O próprio usuário deve colá-lo no compartimento do filtro de ar, de frente para o tubo que abastece o motor, com silicone ou cola quente.

As instruções pedem que, após a instalação, uma foto seja enviada por e-mail para a empresa checar se a colocação foi bem feita. O manual informa que se deve rodar “centenas de quilômetros para o produto ser ativado”. Procurada, a Eco Motor Systems disse que o número mínimo para o Logan era de 30 a 50 km em dois períodos ao dia, em três dias consecutivos.

Depois de cumprir essa etapa, levamos de novo o sedã para a pista e o resultado foi praticamente o mesmo. No ciclo urbano, o consumo ficou em 7,5 km/l e o rodoviário registrou 9,8 km/l. O fabricante afirma que o resultado não condiz com os testes feitos pela empresa e que a maioria dos seus clientes aprova o produto.

Continua após a publicidade

CUMPRE O QUE PROMETE? NÃO!

O Eco Chip não vem acompanhado de manual de instruções (que é enviado por e-mail) nem tem embalagem explicativa. E, mais importante: ele não reduziu o consumo de combustível.

ONDE ENCONTRAR

http://www.eco-motorsystem.com

642_cumpre_01.jpg 642_cumpre_01.jpg

O próprio usuário cola o Eco Chip no motor

PEDE QUE A GENTE TESTA

Você gostaria que testássemos algum produto ou equipamento? Então escreva para 4rodas.abril@abril.com.br

Continua após a publicidade

Publicidade