Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Como funcionam os óleos de motor específicos para carros híbridos?

A Vibra, ex-BR, desenvolveu óleos lubrificantes específicos para motores térmicos em veículos híbridos

Por Eduardo Passos
7 fev 2024, 15h28

A vida de quem tem um carro híbrido costuma ser mais fácil: idas ao posto são mais raras, a dirigibilidade é melhorada e os gastos com manutenção tendem a ser menores. Problema dos fabricantes de lubrificantes, que precisam entregar produtos adequados ao uso do motor a combustão – que em um híbrido funciona de modo particular.

Em um híbrido, o propulsor térmico passa mais tempo parado, uma vez que o elétrico assume as tarefas. A participação dos motores depende do funcionamento de cada sistema. Se o carro for híbrido plug-in, o térmico pode passar longos períodos em repouso. Mas, seja lá como for, quando acionado, o motor convencional roda mais tempo fora da temperatura ideal, situação em que a lubrificação é prejudicada.

Compartilhe essa matéria via:

Junte-se a isso, o fato de que o óleo demora mais a atingir principalmente as partes altas do motor. E, também, que as temperaturas menores reduzem a evaporação da água que se acumula dentro do motor, aumentando a oxidação das peças e do próprio lubrificante.

De olho nisso, a Vibra (ex-BR Distribuidora)apresentou dois novos lubrificantes da linha Lubrax, cuja principal característica é a pouca viscosidade em baixas temperaturas. Os Supera Premium 0W-20 e 5W-30 utilizam aditivos que consideram até a possível interação eletromagnética do conjunto. Outras preocupações incluem as partidas do propulsor com o veículo em movimento que podem desgastar componentes mecânicos, e também o liga e desliga promovido pelos sistemas start-stop.

Receita caseira

Continua após a publicidade

Distribuidora considerou peculiaridades para criar lubrificantes adaptados aos desafios que um híbrido enfrenta no nosso país

 

Motor
(Divulgação/Quatro Rodas)

Adversidades

Quando trabalha em conjunto a um elétrico, o motor a combustão passa a funcionar em modo de uso considerado severo, fora das condições ideais de trabalho. Nesse regime, o lubrificante tem o desafio de cumprir suas funções e resistir à alteração de suas características químicas originais, como em um veículo convencional.

 

Motor Elétrico
(Divulgação/Quatro Rodas)

Sem reações

Não é pouca energia que circula entre as baterias e os motores elétricos do carro, e o campo eletromagnético resultante pode causar interações indesejadas. Assim, os novos óleos para híbridos precisam resistir melhor à oxidação e utilizar aditivos cuja polaridade não favoreça a circulação de corrente, entre outras propriedades.

Continua após a publicidade

 

Pack Supera
(Divulgação/Quatro Rodas)

CONFIRA O MANUAL

Continua após a publicidade

Novos óleos da família Lubrax foram desenvolvidos tendo como referência modelos híbridos das marcas Chevrolet e Ford, mas, segundo a Vibra, são capazes de atender a outros tipos de carros e de fábricas (desde que o manual permita o uso de suas especificações)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.