Clique e assine por apenas 5,90/mês

Autodefesa: problemas nos freios do Ford Fiesta

Donos do hatch relatam ruído nos freios, seguido às vezes por defeitos que podem causar acidentes. Autorizadas dizem ser falha de projeto

Por Waldez Carmo Amorim - 6 dez 2016, 18h26
Lucas: barulho constante até em asfalto liso
Lucas: barulho constante até em asfalto liso Pedro Silveira

O sintoma mais comum é um ruído metálico nos freios, que em alguns casos evolui para uma falha de frenagem. Esse é o drama que vivem alguns proprietários de New Fiesta, como o engenheiro Felipe Éder Carvalho, de Belo Horizonte (MG), dono de um modelo 2014.

“Dois dias após eu pedir a verificação por excesso de barulho, bati na mureta central da Rodovia Fernão Dias. Os freios falharam no meio de uma curva”, diz ele. Felipe conta que, na concessionária, o técnico afirmou que não havia nenhuma falha no sistema. “Apenas completaram o nível do fluido de freio.”

Pelo menos, quando o defeito é registrado em vídeo, a conversa com a autorizada fica mais fácil, como aconteceu com o analista de sistemas Thiago Gonçalves. Ele conta que teve problemas enquanto fazia o test-drive em um Fiesta 1.6 SEL novo, que pertencia a uma revenda Ford de Goiânia, (GO).

“Como sou youtuber, comecei logo a gravar. Quando fui fazer uma curva para o câmera, que estava do lado de fora do veículo, o freio falhou e passei reto. O automóvel só parou em um alambrado que havia no local”, conta.

Os acidentes, no entanto, são situações mais raras: o mais comum são os ruídos, fato reconhecido por cinco concessionárias que consultamos em Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo. Em três delas, o mecânico ainda garantiu que se tratava de uma falha no projeto do freio.

Continua após a publicidade

“Começou com um ruído metálico na dianteira, quando rodava em piso irregular”, relembra o engenheiro Lucas Tavares de Barros, de Belo Horizonte (MG), dono de um Fiesta 2014. “Com o tempo, o barulho aumentou até ficar constante, mesmo em asfalto liso. Na oficina, trocaram as pinças e o barulho sumiu.”

Consultada, a Ford diz que, dos casos apurados pela reportagem, quatro não constam no seu serviço de atendimento ao cliente, um está na esfera judicial e o outro já foi contatado.

O POVO RECLAMA

“Aos 2.000 km, percebi os ruídos no sistema de freios. A autorizada disse que eram as pinças com folga, comum nos Fiestas, e que a Ford recomenda instalar uma presilha de plástico para prender o componente. Trocaram as peças, mas o barulho voltou. O mecânico disse que não tinha o que fazer, pois, o defeito está no projeto das pinças.” Líniquer F. da Silva, funcionário público, Cambuci (RJ)

“Desde que comprei meu carro, tive de voltar várias vezes à concessionária para tentar resolver o barulho nos freios, mas nunca resolveram.” José Gledison Rocha Pinheiro, professor, Salvador (BA)

Continua após a publicidade
Publicidade