Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Sumiço do elemento

Por Redação 11 jul 2012, 18h37

Por Péricles Malheiros

23 503 km

Bastou elogiar o serviço da rede Nissan para os problemas surgirem. Com 19 835 km, o carro foi deixado na Fuji Japan, para a revisão dos 20000 km, por 299 reais. Pedimos para examinar o carpete, que estava desfiando, e autorizamos os serviços extras de alinhamento, balancea- mento e rodízio, por 100 reais.

“Serão trocados, além do óleo do motor, os filtros de ar, de éleo, de combustível e de cabine”, disse a consultora técnica, contrariando o que é divulgado no site da Nissan, que não contempla a substituição do filtro do ar-condicionado. Após um dia, recebemos uma ligação informando que nosso carro estava pronto para ser retirado. Na entrega, questionamos se o filtro de cabine era, de fato, trocado na revisão dos 20000 km. A consultora se redimiu: “Foi bom você ter perguntado. Eu errei. Não há nenhuma recomendação de troca do componente”, disse. Nada foi dito a respeito do carpete danificado.

Levamos o carro para que nosso consultor, Fabio Fukuda, conferisse os serviços da Fuji Japan. “Os filtros de ar, óleo e combustível foram trocados, assim como o óleo do motor. O rodízio das rodas também foi feito a contento, mas o filtro de cabine sumiu. Quando abri o compartimento onde ele fica alojado, estava vazio”, disse. “Fizemos a marcação do filtro assim que o carro foi comprado, ou seja, o Versa saiu da fábrica com ele. Só pode ter sumido ao passar pela rede, na revisão dos 10 000 ou dos 20 000 km”, afirma Fukuda.

Continua após a publicidade

Retornamos à Fuji e, alegando que o ar-condicionado estava exalando um cheiro forte, pedimos a verificação do sistema. Sem ver o carro, a consultora decretou: “É preciso fazer uma higienização. Custa 120 reais”. Perguntamos se o culpado pelo cheiro de poeira não poderia ser o filtro. A técnica foi enfática: “Se está com cheiro quando a ventilação é ligada, não tem jeito. Tem que fazer a higienização”.

Consumo

No mês (28,8% na cidade): Etanol – 10 km/l

Desde jan/12 (21,9% na cidade): Etanol – 9,3 km/l

Compartimento do filtro de cabine estava vazi.

Continua após a publicidade

Publicidade