Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Nissan Frontier S é picape diesel manual ‘de firma’ com preço da Rampage

Versão de entrada também é a única manual e a menos potente da linha, mas isso não faz dela incapaz como picape

Por Guilherme Fontana Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
18 jul 2023, 17h02

As picapes médias normalmente aparecem por aqui em suas versões topo de linha ou, no máximo, intermediárias. Por isso, desta vez trouxemos algo diferente: a nova Nissan Frontier em sua versão de entrada, a S. Ela tem vocação para o trabalho, por isso não é um problema ser a menos potente e única da linha com câmbio manual.

Logo de cara é possível perceber que a Frontier S, de R$ 245.090 (mesma faixa de preço de uma Ram Rampage, que parte dos R$ 239.990), não é uma configuração focada em passeio. Ela tem aparência despojada, com grade, retrovisores, maçanetas e para-choque traseiro em plástico preto fosco, rodas de ferro de 17 polegadas (os pneus são 255/65), e ausência de itens como estribo, protetor de caçamba e capota marítima.

Faróis e lanternas recebem iluminação comum, halógena, o que não seria um problema caso os faróis fossem de dupla parábola. No caso da Frontier S, são de parábola simples, pouco eficiente para um carro de trabalho que está sujeito a enfrentar rodovias dia e noite, e acessar locais mais difíceis. Ainda na dianteira, o que parecem faróis de neblina são luzes diurnas, também halógenas.

Nissan Frontier S
Nissan Frontier S (Fernando Pires/Quatro Rodas)

É possível corrigir algumas faltas do modelo, como estribos, protetor de caçamba e capota marítima, oferecidos como acessórios. O mesmo vale para sensores de estacionamento, já que não há nenhum auxílio para manobras, como sensores ou câmera de ré.

Na caçamba, apesar da ausência de proteções, as capacidades são boas. Ela pode levar 1.054 litros, mais do que os 1.000 litros da Hilux, mas menos que os 1.061 litros da S10. Já na carga, são 1.032 kg, considerando ainda a capacidade de reboque de 2.800 kg com freio ou 750 kg sem freio. Neste ponto, a S10 leva a melhor, com 1.108 kg de capacidade e possibilidade de rebocar até 3.500 kg.

Continua após a publicidade
Nissan Frontier S
Nissan Frontier S (Fernando Pires/Quatro Rodas)

O interior da Frontier S é igualmente simples, mas mais agradável ao toque e aos olhos do que o exterior. O painel remete ao de um carro de passeio (olá, antigo Sentra) e tem bom acabamento, apesar de utilizar materiais simples e não ter variações de texturas. Os bancos têm espumas de boa densidade e tecidos suaves.

Compartilhe essa matéria via:

Mesmo sendo uma configuração de entrada, a picape tem o mesmo quadro de instrumentos das versões mais caras, com mostradores analógicos laterais e uma tela de 7 polegadas colorida ao centro. Por outro lado, não há central multimídia (que está disponível como acessório). No lugar, há um rádio à moda antiga, com reprodução de música via entrada auxiliar e Bluetooth, e apenas 2 alto-falantes.

Nissan Frontier S
Nissan Frontier S (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Ainda entre os equipamentos, há ar-condicionado (analógico), volante multifuncional, luzes diurna (DRL), 6 airbags, assistente de partida em rampas, piloto automático e assistente de descida.

O espaço é outro bom atributo interno da Frontier, que consegue levar três pessoas no banco traseiro sem apertos. Quem for na posição central poderá se incomodar com o console (que, inclusive, tem saídas de ar-condicionado), mas não se preocupará com a acomodação dos pés, já que o assoalho é praticamente plano.

Nissan Frontier S
Nissan Frontier S (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Menos potente e única manual

O motor da Nissan Frontier S é o mesmo das demais versões, um 2.3 biturbo a diesel com injeção direta. Porém, é o mais fraco com seus 163 cv de potência e 43,4 kgfm de torque – nas demais versões são 190 cv e 45,9 kgfm. Por outro lado, ela também é a mais leve, o que compensa na hora do desempenho.

Continua após a publicidade

Em nossos testes, a picape foi de 0 a 100 km/h em 12,8 segundos, pouca diferença para os 12,2 da versão Platinum, topo de linha. Isso acontece pelas relações curtas do câmbio manual de seis marchas, que acaba por dar uma dirigibilidade até divertida para a picape, com rápido aparecimento do torque.

Nissan Frontier S
Nissan Frontier S (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Os únicos poréns do câmbio ficam para seu posicionamento, longe da mão direita do motorista, e para a distância entre as marchas, o que pode atrapalhar em uma necessidade de troca mais rápida e cansar no dia-a-dia. Ao engatar as quinta e sexta marchas, possivelmente o motorista encostará na perna esquerda do passageiro.

No consumo, algumas curiosidades. A Frontier de entrada fez as médias de 9,7 km/l na cidade e 12,1 km/l na estrada. Ou seja, é mais econômica do que a automática na cidade, mas gasta mais na estrada. Esse maior consumo rodoviário pode ser explicado pela alta rotação em velocidades mais altas, enquanto a versão automática tem sete marchas, jogando o giro mais para baixo.

Nissan Frontier S
Nissan Frontier S (Fernando Pires/Quatro Rodas)

A direção tem peso correspondente ao tamanho do carro, com ajuste mais leve para manobras, enquanto a suspensão é típica de uma picape e transmite robustez.

Vale destacar que a Frontier tem uma suspensão traseira diferente das concorrentes. Ela diz ser multilink, e pode até ser, porque é ligada ao chassi por múltiplos braços. Só que ela não é independente, é de eixo rígido. Ou seja, o eixo rígido é ligado por múltiplos braços ao chassi, deixando o eixo mais estável. Ela também usa molas helicoidais no lugar das semi-elípticas. A tração é 4×4 com opção de reduzida.

Continua após a publicidade
Nissan Frontier S
Nissan Frontier S (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Ficha técnica – Nissan Frontier S

Preço: R$ 245.090
Motor: diesel, dianteiro, 4 cil., biturbo, 1.598 cm3, 163 cv a 3.750 rpm, 43,3 kgfm a 1.500 rpm
Câmbio: manual, seis marchas, tração 4×4
Suspensão: McPherson (diant.) / eixo rígido (tras.)
Freios: discos vent. (diant.) e tambor (tras.)
Direção: hidráulica
Rodas e pneus: 255/65 R17
Dimensões: comprimento, 526 cm; largura, 185 cm; altura, 183 cm; entre-eixos, 315 cm; peso, 2.157 kg; tanque, 73 litros; caçamba, 1.032 kg; capacidade de reboque, 2.800 kg (com freio), 750 kg (sem freio)

Teste Quatro Rodas – Nissan Frontier S

Aceleração

0 a 100 km/h – 12,8 s
0 a 1.000 m – 34,5 s – 150,68 km/h

Velocidade máxima- n/d

Retomadas

Continua após a publicidade

D 40 a 80 km/h – 5,2 s
D 60 a 100 km/h – 7 s
D 80 a 120 km/h – 9,2 s

Frenagens

60/80/120 km/h a 0 – 14,6/26,3/59,8 m

Consumo

Urbano – 9,7 km/l
Rodoviário – 12,1 km/l

Continua após a publicidade

Ruído interno

Neutro/RPM máx. – 44,7/70,3 dBA
80/120 km/h – 65/69,7 dBA

Aferição

Velocidade real a 100 km/h – 94 km/h
Rotação do motor  a 100 km/h em 6a marcha – 2.000 rpm
Volante – 3 voltas

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.