Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Não para

Por Redação 19 mar 2014, 11h00

Por Péricles Malheiros

9 290 km

Quase todos que dirigiram o C4 no último mês relataram uma breve perda de assistência do freio logo após a partida do motor. “Por um instante, o pedal fica duro, obrigando a uma aplicação repentina de força extra. Apesar de o freio funcionar, a falta inesperada de assistência assusta. Quase bati num carro que passava na rua ao sair de uma garagem”, disse o editor Péricles Malheiros, o primeiro motorista a notar o lapso da assistência hidráulica. Fizemos então uma verificação em várias concessionárias Citroën. “É uma característica do projeto. Para evitar o susto, basta ligar o motor e esperar de 5 a 10 segundos parado. Esse tempo é suficiente para a central interpretar os sinais de todos os sensores eletrônicos e colocar o carro em plena forma para rodar”, disse o consultor técnico da autorizada paulistana Francecar.

Consultada, a Citroën assumiu que já tinha outros relatos sobre o mesmo problema e que planejava realizar um recall. Segundo a marca, o processo de eliminação da falha se dará pela introdução de novos parâmetros no módulo de controle eletrônico do motor, capazes de priorizar a geração de vácuo no sistema de assistência dos freios. O recall será aplicável aos C4 Lounge com motor 2.0 flex e câmbio automático de seis marchas. Uma fonte ligada à PSA, grupo formado por Citroën e Peugeot, diz: “O recall também atingirá os produtos Peugeot  equipados com a mesma configuração mecânica do C4”. Ou seja, proprietários de 408 e 308 2.0 flex automático também devem ficar atentos – nas manobras e à convocação de visita à rede para reparo da central.

Consumo

No mês (45% na cidade) – Etanol 5,9 km/l

Desde jan/14 (33,2% na cidade) – Etanol 6,4 km/l

Continua após a publicidade

Publicidade