Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Mercedes-Benz C200 All-Terrain é perua mais competente que muitos SUVs

Pela primeira vez a Mercedes lança uma versão aventureira de sua perua da Classe C e se candidata a conquistar territórios dominados pelos SUVs

Por Joaquim Oliveira 13 mar 2022, 10h18

Em um dos primeiros versos de Os Lusíadas, o escritor português Luís de Camões cita a famosa frase “por mares nunca dantes navegados”, uma referência à época das grandes navegações e descobrimentos.

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

Quase cinco séculos depois, o desejo de se lançar à aventura persiste. E, para atender os aventureiros contemporâneos, a Mercedes-Benz pela primeira vez passa a oferecer a perua Classe C All-Terrain. Ela permite ir além do asfalto e desafiar trechos de areia, lama e pedras, graças à tração 4×4, às proteções em pontos mais críticos da carroceria e à maior altura em relação ao solo.

Mercedes-Benz C 200
A carroceria tem proteções plásticas à volta e na parte inferior Divulgação/Quatro Rodas

A perua aventureira é 4 cm mais alta que sua versão normal. Desse total, 3 cm vem da suspensão e 1 cm, dos pneus. Sua maior vantagem diante dos SUVs é a versatilidade. Elas aliam melhor dirigibilidade no dia a dia (graças ao menor centro de gravidade) com um porta-malas mais generoso.

A C200 All-Terrain vai disputar mercado com a Audi A4 Allroad e a Volvo V60 Cross Country. Apesar do espírito explorador desse trio europeu, nenhuma delas tem planos de se lançar ao mar e cruzar o Atlântico para atracar no Brasil. Assim, dirigimos a C200 All-Terrain na Alemanha.

Mercedes-Benz C 200
Sem fazer concessões, a cabine é luxuosa e confortável em todo Mercedes-Benz Divulgação/Quatro Rodas

Visualmente, a C200 aventureira exibe proteções plásticas em toda a volta da carroceria, além de placas metalizadas na parte inferior dos para-choques na frente e na traseira. No interior, as diferenças são ainda mais discretas. A All-Terrain é feita sobre a base da versão Avantgarde. O modelo pode receber acabamento em três tons (preto, bege e preto com castanho).

Compartilhe essa matéria via:

O quadro de instrumentos de LCD pode ser de 10,25” ou 12,3”. Da mesma forma, conforme o nível de acabamento, a central multimídia com tela vertical tem 9,5” ou 11,9”.

Mercedes-Benz C 200 All-Terrain 4MATIC
A central multimídia tem tela vertical de 11,9” Divulgação/Quatro Rodas

O monitor ligeiramente direcionado para o motorista traz informações específicas para o uso fora de asfalto, com dados sobre inclinação lateral e longitudinal da carroceria e orientação das rodas dianteiras, além de bússola digital. Também há câmeras de visão de 360 graus.

Aos modos de condução habituais (Eco, Comfort, Sport e Individual) juntam-se outros dois, relacionados ao uso fora do asfalto: Off-road (limitado a 110 km/h) e Off-road+ (máximo de 45 km/h e com o sistema de controle de descida ativo). O primeiro serve para pisos arenosos, enquanto o segundo é adequado a trechos com pedras soltas.

C200 All-Terrain
Há bom espaço para quatro ocupantes. Porta-malas leva 490/1.510 litros Divulgação/Quatro Rodas
Continua após a publicidade

Há amplo espaço no banco traseiro, tanto em comprimento (graças ao entre-eixos de 2,86 m). Atrás, os assentos mais altos do que os dianteiros melhoram a vista para o exterior. Os encostos rebatem em 1/3-2/3 e o porta-malas tem capacidade para 490 litros. No entanto, é inferior à das peruas da Audi e Volvo.

O conforto é impressionante sobre qualquer tipo de piso, apesar da ausência de eletrônica na suspensão.

Mercedes-Benz C 200 All-Terrain 4MATIC
Porta-malas leva 490/1.510 litros DIvulgação/Quatro Rodas

Avaliamos a versão C 200, com propulsão híbrida leve. O sistema combina o 1.5 turbo a gasolina de injeção direta e um sistema elétrico de 48 V, dotado de um motor de arranque que é também gerador. Ele auxilia a unidade a combustão com 20 cv e 20,4 kgfm em situações de aceleração intermediária e forte, para baixar consumo e melhorar o desempenho. A potência total é de 204 cv, enquanto o torque alcança 30,6 kgfm.

A direção tem precisão suficiente. E, como é habitual nos híbridos da Mercedes, o pedal do freio tem pouca atuação na fase inicial, sendo que a “mordida” dos discos aumenta a partir do momento em que se pressiona mais de 30% do curso.

O teste incluiu uma trilha todo-terreno moderada, mas certamente mais exigente do que a maioria dos donos da All-Terrain irá sujeitar sua preciosa perua de 56.000 euros (R$ 363.000, na Europa).

Mercedes-Benz C 200 All-Terrain 4MATIC
C 200 All-Terrain tem distância entre eixos de 2,86 metros Divulgação/Quatro Rodas

O fato é que ela passou pelo trajeto sem nenhum problema. Terrenos enlameados bem escorregadios e rampas íngremes de terra e pedras soltas ficaram para trás sem hesitações. Apesar de seus 1.720 kg, o C 200 All-Terrain vai de 0 a 100 km/h em 7,5 s e chega a 231 km/h de velocidade, de acordo com a fábrica.

O funcionamento do câmbio automático de nove marchas também sai ganhando em suavidade com esse “empurrão” elétrico durante as mudanças, que podem ser feitas manualmente por meio das borboletas no volante. Um reparo, no entanto: elas deveriam ter material mais premium e mecanismo mais suave para harmonizar com o conjunto do carro.

Mercedes-Benz C 200 All-Terrain 4MATIC
Conjunto híbrido gera 204 cv de potência total Divulgação/Quatro Rodas

No final do percurso de cerca de 60 km, que incluiu autoestradas alemãs com zonas sem limite de velocidade e trechos 4×4, a média de consumo foi de 10,9 km/l, um pouco a mais do que o valor mais alto da média declarada. Mas é preciso dar um desconto à marca de Stuttgart, porque quando a gente está em uma Autobahn a gente acompanha o ritmo dos alemães. E aperta o pé.

Na Europa, a C 200 All-Terrain custa mais de 4.000 euros (cerca de R$ 25.000) a mais do que a equivalente “civilizada” da perua, o que parece ser um diferencial elevado. O preço se equipara ao das duas rivais diretas, a Volvo V60 Cross Country e a Audi A4 Allroad, mas o modelo sueco tem 46 cv adicionais, enquanto a conterrânea alemã gera 61 cv a mais.

Ficha Técnica – Mercedes C 200 All-Terrain

Preço: 56.000 euros
Motor: gasolina, dianteiro, 4 cilindros em linha, 16V, injeção direta, turbo, intercooler, 1.496 cm3, motor elétrico 48 V; potência total, 204 cv a 5.800 rpm; torque total, 30,6 kgfm a 1.800 rpm
Câmbio: automático, 9 m., tração 4×4
Direção: elétrica, diâm. giro, 12,2 m
Suspensão: multibraços nos dois eixos
Freios: disco ventilado nas quatro rodas
Pneus: 245/45 R18
Dimensões: comprimento, 475,5 cm; largura, 182 cm; altura, 149,4 cm; entre-eixos, 286,5 cm; peso, 1.720 kg; porta-malas,
490-1.510 l; tanque, 59 l
Desempenho: 0 a 100 km/h, 7,5 s; veloc. máx. de 231 km/h

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

A edição 755 de QUATRO RODAS já está nas bancas!
A edição 755 de QUATRO RODAS já está nas bancas! Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês