Clique e assine por apenas 8,90/mês

Audi A4 Ambition 2.0 TFSI quattro: o sedã que acelera como um TT

Versão topo de linha chega com tempero esportivo, mas sem deixar a tradição e o conforto de lado

Por Guilherme Fontana - Atualizado em 23 nov 2016, 21h54 - Publicado em 27 out 2016, 13h03
Audi A4 Ambition
A4 Ambition tem visual esportivo graças ao pacote S Line

Sempre que um novo filho nasce, o irmão mais velho sente-se renegado pela maior atenção dada ao caçula. Na família Audi não é diferente. A chegada do A3 Sedan nacional botou o A4 em segundo plano: perdeu versões, apelo visual, motores mais potentes e, consequentemente, vendas. Concluído o amadurecimento do A3, porém, chegou a hora de colocar ordem na casa e reconhecer a importância do A4.

Em abril deste ano, a marca das quatro argolas lançou a nova geração do A4 no Brasil. Maior, mais refinado e mais caro, ele chegou em três versões de acabamento e uma de motorização para brigar com BMW Série 3 e Mercedes-Benz Classe C. Agora, além da perua Avant, a Audi lança a configuração mais cara do sedã, Ambition, que parte de R$ 244.000.

A primeira diferença do A4 Ambition em relação às versões mais baratas está na aparência. De série, o novato recebe o pacote S Line, com rodas de 18 polegadas com acabamento diamantado, para-choques esportivos e grade com a inscrição “quattro”, remetendo à tração integral. São 14 opções diferentes de cores para a carroceria — R$ 2.000 extras para as metálicas.

Audi A4 Ambition
Rodas de 18 polegadas com acabamento diamantado são exclusivas da versão

O acabamento é típico de um Audi: o painel tem montagem precisa e materiais de alta qualidade. No console entre os passageiros, uma faixa com textura dá boa aparência em meio às superfícies lisas. Destaque também para a central multimídia com tela fixa e destacada do painel, que não é sensível ao toque (mas, mesmo assim, fácil de operar) e coexiste com o quadro de instrumentos digital.

Continua após a publicidade

Batizado de Audi Virtual Cockpit, o quadro de instrumentos é formado por uma tela TFT de 12,3 polegadas com alta definição. Nele, são concentradas as informações de viagem e estado do veículo, conteúdo multimídia, telefonia e navegador GPS. No TT, a tela também mostra as imagens da câmera de ré. No A4, porém, todos os dados são apresentados no visor central. Apesar de parecer futurístico e complicado demais, o mostrador digital é extremamente funcional e intuitivo, com comandos fáceis e diversas opções de personalização.

Audi A4
Tela fixa no centro do painel replica algumas informações do quadro de instrumentos e mostra as imagens da câmera de ré

Entre os itens de série estão ar-condicionado digital automático de três zonas (com regulagem de temperatura exclusiva para o banco traseiro), faróis full-led com acompanhamento de curva e nivelamento automático, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, seletor de modos de condução, piloto automático, limitador de velocidade, teto solar elétrico, banco do motorista com regulagens elétricas, lavador de faróis e central multimídia MMI com GPS.

Como opcionais, a Audi oferece faróis Matrix led adaptativos (R$ 6.000), além dos pacotes Assistance (R$ 12.600) e Tech (R$ 10.200). O primeiro adiciona câmera de ré, Pre Sense Rear (que prepara o veículo e os ocupantes para uma possível colisão traseira) e Side Assist (assistente de pontos cegos). O segundo acrescenta head-up display e o sistema de áudio Bang&Olufsen de 18 alto-falantes. Completo e com pintura metálica, o A4 Ambition chega a R$ 274.800.

Audi A4
Quadro de instrumentos digital herdado do TT destaca-se no interior do A4

Fazem falta itens como assistente de estacionamento automático, assistente de permanência em faixa, faróis altos automáticos, piloto automático adaptativo e alerta de colisão com frenagem automática — cada vez mais presentes em modelos de categorias inferiores, como o Chevrolet Cruze (de R$ 109.790) e o próprio A3 Sedan Ambition (de R$ 147.990).

Continua após a publicidade

Apesar da aparência e dos números dignos de um esportivo, o A4 mantém seu propósito de ser um sedã espaçoso e confortável para levar a família — afinal, além do bom espaço para todos os ocupantes, são 480 litros de porta-malas. A suspensão está longe de ser rígida (como no TT) e permite um rodar suave. Por outro lado, mesmo com 4,72 metros de comprimento e 1.510 kg, no modo Dynamic ele devora curvas com tanto apetite quanto o cupê da casa.

Audi A4
o Virtual Cockpit, como chama a Audi, tem diversas formas de personalização

O comportamento esportivo é fruto do belo conjunto formado entre a suspensão (multilink com cinco braços na traseira), direção elétrica, tração integral permanente e a estrutura com grande quantidade de alumínio, que diminui o peso e aumenta a rigidez.

Enquanto as demais versões (incluindo a perua Avant) utilizam um motor 2.0 TFSI de 190 cv, o A4 Ambition abusa de um 2.0 TFSI de dupla injeção (direta e indireta) com 252 cv e 37,7 mkgf já a partir de 1.600 rpm.

Com auxílio da transmissão S-Tronic de sete marchas, o sedã faz trocas suaves e vai de 0 a 100 km/h em 6,1 segundos, completando a retomada de 80 a 120 km/h em 3,9 segundos. A velocidade máxima é limitada eletronicamente a 250 km/h. Isso tudo registrando o ótimo consumo médio de 10,9 km/l em ciclo urbano e 14,9 km/l no rodoviário.

Continua após a publicidade
Audi A4 Ambition
Inscrição “quattro” na traseira mostra que o modelo tem tração integral

Ele também freia muito bem: foram necessários 59,5 metros para o veículo parar completamente na prova de 120 a 0 km/h. Falando em freios, o A4 possui um sistema inteligente de secagem dos discos, que entra em funcionamento automaticamente quando os limpadores do para-brisa estão em funcionamento (indicando para o sistema que há chuva). As pastilhas encostam nos discos (de forma extremamente suave) e retiram a água acumulada neles para frenagens mais eficientes.

Em relação à concorrência, o principal concorrente do A4 Ambition é o BMW 328i M Sport, com 245 cv e tração traseira, por R$ 249.950. Do lado da Mercedes, o mais próximo de sua faixa de preço é o C 250 Turbo Sport (211 cv, por R$ 225.900), além da série limitada C 300 Anniversary Limited Edition (245 cv, R$ 249.900). 

VEREDICTO

Ele pode ser um sedã recatado e discreto para rodar com tranquilidade na estrada ou na rodovia, mas também pode ser um esportivo com acelerações e retomadas fortes para os momentos de diversão.

Continua após a publicidade
Ficha Técnica
Audi A4 Ambition 2.0 TFSI
Preço: R$ 244.000
Motor: gasol., diant., transv., 4 cil., 1.984 cc, 16V, turbo, dupla injeção, 252 cv a 5.000 rpm, 37,7 mkgf a 1.600 rpm
Câmbio: automático, 7 marchas, tração integral
Suspensão: McPherson (diant.) e multilink (tras.)
Freios: discos ventil. (diant) e sólidos (tras.)
Rodas e pneus: liga leve, 245/40 R18
Dimensões:

comprimento, 472,6 cm; largura, 184,2 cm; altura, 142,7; entre-eixos, 282 cm; peso, 1.510 kg; porta-malas, 480 l; tanque de combustível, 58 l

Teste de pista
Audi A4 Ambition 2.0 TFSI
ACELERAÇÃO
0 a 100 km/h: 6,1 s
0 a 1000 m: 26,1 s / 203,2 km/h
VELOCIDADE MÁXIMA; 250 km/h (limitada eletronicamente)
RETOMADAS
De 40 a 80 km/h: 2,7 s
De 60 a 100 km/h: 3,3 s
De 80 a 120 km/h: 3,9 s
CONSUMO (URBANO/RODOVIÁRIO): 10,9/14,9 km/l
FRENAGENS (60/80/120 a 0 km/h): 15,5/25,8/59,5 m
Opcionais
Pacote Itens adicionais Preço
Pintura metálica Pintura metálica R$ 2.000
Faróis matrix led Faróis matrix led R$ 6.000
Assistance Pre Sense Rear, Side Assist, câmera de ré R$ 12.600
Tech Head-up display e sistema de áudio Bang&Olufsen R$ 10.200
Publicidade