Clique e assine por apenas 8,90/mês

VW pode comprar Fiat-Chrysler, diz revista

Acordo deixaria Ferrari como única marca do grupo italiano

Por Vitor Matsubara - Atualizado em 9 nov 2016, 13h51 - Publicado em 17 jul 2014, 12h15
fabricantes

Uma negociação inusitada pode abalar a indústria automotiva nos próximos meses. Segundo informações da revista alemã Manager Magazin, o Grupo Volkswagen estaria interessado em comprar o grupo Fiat Chrysler Automobiles (FCA). A informação teria sido revelada por fontes ligadas às empresas que não quiseram se identificar.

“O Grupo Volkswagen está avaliando a possibilidade de realizar uma aquisição parcial ou total de seus competidores ítalo-americanos, Fiat-Chrysler”, disse a Manager Magazin. “Ferdinand Piëch, principal acionista da Volkswagen, e as famílias Elkann e Agnelli (que comandam a Fiat) já teriam começado a conversar”, completou a publicação.

Poucos minutos após a possível negociação ter vindo a tona, a Fiat-Chrysler Automobiles divulgou um comunicado negando qualquer tipo de transação. “A Fiat assegura que não iniciou conversas com a Volkswagen sobre uma possível fusão”, limitou-se a dizer.

A Volkswagen ainda não se pronunciou sobre o boato. De acordo com a Manager Magazin, os alemães estariam interessados na sólida rede de concessionárias do grupo Chrysler, cuja estrutura seria fundamental na popularização da marca VW nos Estados Unidos – a marca vem enfrentando problemas com suas concessionárias por lá. A Alfa Romeo também estaria na lista de interesses da Volkswagen. Pelo lado dos italianos, o acordo faria a Fiat praticamente abandonar a indústria automotiva, deixando a Ferrari como única marca controlada pelo grupo de Turim.

Publicidade