Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Você pode ter até 40% de desconto em multas, mas não receberá elas em casa

Mototoristas em todo o Brasil podem aderir ao meio eletrônico para conseguir desconto em infrações e receber as notificações no celular

Por Isadora Carvalho Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 18 fev 2021, 22h25 - Publicado em 18 fev 2021, 21h28
Multa
(Reprodução/Internet)

A nova legislação de trânsito, que entra em vigor em 12 de abril, faz inúmeras mudanças no Código Brasileiro de Trânsito. As mais expressivas são o aumento de 20 para 40 pontos para suspensão da CNH e a possibilidade de acesso a 40% de desconto para multas emitidas nas ruas e estradas brasileiras. Mas como faz para ter esse desconto nas multas?

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 7,90

Quem esclarece o que exatamente está previsto na nova lei é diretor-geral do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), Frederico Carneiro. 

O que é determinante para que o desconto é que todos os órgãos autuadores (organizações que aplicam multas) tenham aderido ao Sistema de Notificação Eletrônica (SNE) até a lei entrar em vigor.

“O sistema já está disponível para o cadastro de todos os cidadãos que possuem habilitação para dirigir e a grande vantagem é que a notificação pode ser recebida por meio do aplicativo para celular e o pagamento pode ser efetuado na mesma plataforma com desconto de 40%”, afirma Carneiro.

Continua após a publicidade
Sistema de Notificação Eletrônica
(Denatran/Divulgação)

O diretor do Denatran também destaca que o condutor que fizer a adesão pelo meio eletrônico abre mão de receber as multas em casa. Essa, inclusive, é a grande vantagem para os órgãos autuadores, que reduzirão drasticamente os custos com emissão das multas e envio. A notificação por carta passa a ser uma notificação do aplicativo. 

O abatimento de 40% no valor da infração é exatamente para incentivar a adesão dos motoristas ao meio eletrônico, mas é importante lembrar que o desconto só estará disponível se o condutor reconhecer que é o responsável pela multa e efetuar o pagamento até a data de vencimento.

Caso o motorista queira entrar com recurso para contestar, o abatimento será de apenas 20% caso o órgão julgue procedente a contestação.

Como se habilitar ao SNE?

Para conseguir o desconto, basta fazer o cadastro no site ou no aplicativo SNE para Android ou iOS. Você vai precisar de informações como o número da CNH e Renavam do carro, que vão ser verificadas pelo Denatran para autorizar o seu cadastro.

Carneiro também destacou que o SNE está integrado à Carteira Digital de Trânsito, que a partir de abril será considerada um documento oficial para os órgãos de fiscalização. 

Continua após a publicidade

Outra vantagem do documento digital é a facilidade da indicação do condutor da infração e a transferência de veículos, serviços que podem ser realizados por meio da plataforma.

Uma informação importante: o cadastro na CDT só pode ser realizado por quem tem a CNH emitida a partir de 1° de maio de 2017 e que, portanto, tem QR Code no verso. “Atualmente 22 milhões de condutores já aderiram ao CDT, mas temos no país cerca de 50 milhões de condutores habilitados a utilizar o documento digital”, diz Carneiro.

De acordo com o Denatran, a digitalização chegou como uma maneira de facilitar a vida do motorista e reduzir a burocracia todos os órgãos públicos de fiscalização.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Quatro Rodas capa 741

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.