Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Setor duas rodas acumula queda de 8,5% no ano

Venda de motos cresce abaixo das expectativas do segmento

Por Alexandre Ciszewski Atualizado em 9 nov 2016, 12h52 - Publicado em 21 nov 2013, 19h01
Yamaha lança YS150 Fazer por R$ 7.390,00

O ano de 2013 ainda não acabou, mas definitivamente não foi bom para o setor das duas rodas, com repetidas quedas nas vendas, produção e emplacamento de motocicletas.

Apesar do aumento nas vendas de motos no país na primeira quinzena de novembro em relação ao mesmo período de outubro deste ano e novembro de 2012, segundo dados divulgados pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), existe uma queda de 8,5% nos licenciamentos no acumulado do ano. De janeiro até a primeira quinzena de novembro foram emplacadas 1.313.863 ante 1.435.701 unidades do ano passado.

“Embora os resultados da quinzena possam representar uma pequena evolução nos negócios, ainda ficam aquém das expectativas do setor, que tem investido no lançamento de novos modelos e campanhas de marketing”, disse o diretor executivo da entidade, José Eduardo Gonçalves.

De acordo com o diretor da Abraciclo, a sazonalidade dos negócios era esperada como fator de recuperação parcial no desempenho de 2013, mas isso ainda não aconteceu: “Com a proximidade do verão e o pagamento da primeira parcela do 13º salário, as vendas costumavam evoluir bem mais nos finais de ano”, explicou José Eduardo.

Continua após a publicidade
Publicidade