Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Saiba por que Hamilton se emocionou ao igualar feitos de Senna

Novo tricampeão mundial de F-1 é fã confesso de Ayrton e manifesta sua admiração sempre que possível

Por Vitor Matsubara
Atualizado em 9 nov 2016, 14h43 - Publicado em 26 out 2015, 13h12
geral

Lewis Hamilton estava em êxtase após vencer o GP dos Estados Unidos, realizado no último domingo, 25 de outubro. Também, não era para menos: a vitória deu ao inglês o tricampeonato mundial de F-1 três etapas antes do fim da temporada. De quebra, este feito ainda fez Lewis igualar o número de títulos de seu grande ídolo nas pistas: Ayrton Senna.

O britânico nunca escondeu sua admiração pelo ex-piloto da McLaren. Foi nos tempos em que também defendia a equipe inglesa, aliás, que Hamilton realizou o maior sonho de sua vida: pilotar a MP4/4 número 12, a mesma que levou Senna ao seu primeiro título mundial, em 1988. Logo após levá-lo à pista de Silverstone, o piloto estava visivelmente emocionado. “Me sinto abençoado. Sonhei a vida inteira em dirigir este carro. Foi um dos melhores dias da minha vida”, confessou a Jeremy Clarkson, então apresentador do programa “Top Gear”, da BBC.

Continua após a publicidade

Perguntado sobre quais características admirava mais em Senna, Hamilton foi objetivo. “Sua personalidade e a maneira como ele pilotava eram exatamente como eu gostaria de ser um dia. Adorava o fato dele ser tão sensitivo e perceber tudo no carro. Sua atenção aos detalhes era incrível. Ele dava o máximo de si em cada volta e não tinha medo de nada”.

Pouco antes deste episódio de “Top Gear” ir ao ar, Hamilton teve outro encontro com o MP4/4. Ao lado de seu então companheiro de equipe Jenson Button, Lewis visitou o acervo de antigos bólidos da McLaren. Entre várias máquinas históricas, a dupla fez questão de admirar, sentar e posar para fotos com o lendário monoposto de Senna.

Continua após a publicidade

Desde então, Hamilton prestou várias homenagens a seu ídolo, correndo com um capacete bastante parecido com o do Senna durante o GP do Brasil de 2014. Na ocasião, aliás, o piloto da Mercedes foi presenteado com uma réplica do capacete de Ayrton e disse que visitar “a casa” do tricampeão é sempre muito especial. “Ele era meu herói, minha inspiração. A corrida está no meu sangue, e eu queria ser como ele. Correr como ele, ter a mesma abordagem, a mesma técnica, sempre tentei imitá-lo”, declarou, em entrevista à Rede Globo em 2014.

Novas demonstrações de admiração surgiram neste ano. Logo após igualar o número de 41 vitórias de Senna com o trunfo no GP do Japão, o piloto publicou em sua conta no Twitter uma foto do brasileiro ao lado de sua Lotus. E no último domingo, logo após conquistar seu terceiro título mundial, Hamilton lembrou Senna mais uma vez. “Ele não era do mesmo país que eu, mas foi o cara que me inspirou desde pequeno. Meu objetivo sempre foi conquistar os três títulos que Ayrton alcançou. Não sei o que vem depois, não há outro piloto que eu deseje me espelhar. Sinto como se tivesse pego o bastão de Ayrton e que agora o carregarei para ver até onde poderei levá-lo”, afirmou.

Até hoje Senna é uma inspiração para muitos pilotos pelo mundo. Mas certamente poucos o veneram tanto quanto Lewis Hamilton.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.