Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Renault Duster será vendido como Lada para continuar em produção na Rússia

Divisão russa da marca de origem francesa foi transferida para o Estado após instalidades geradas por sanções econômicas

Por Lukas Kenji
Atualizado em 16 Maio 2022, 22h12 - Publicado em 16 Maio 2022, 17h42

O processo de nacionalização da divisão russa da Renault pelo governo já provoca alterações inusitadas. Foi anunciado nesta segunda-feira (16) que o Duster vai deixar o emblema da marca de origem francesa de lado e passará a ostentar o emblema da Lada.

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

A mudança se dá em consequência do recente anúncio de que a Renault Rússia vai passar para as mãos de Moscou. Está previsto no negócio que 67,69% da AvtoVAZ, proprietária da Lada, será transferido ao NAMI, o Instituto Central de Pesquisa e Desenvolvimento de Automóveis e Motores.

A fabricante russa instalada em Tolyatti, cidade localizada a 1.000 km de Moscou, tinha a maior parte da operação controlada pela Renault desde 2007. A união das marcas colocou três modelos entre os dez mais vendidos de 2021. Os dois primeiros foram Vesta e Granta, assinados pela Lada, enquanto o Duster foi nono carro mais emplacado.

De acordo com o diretor do departamento da indústria automotiva e engenharia ferroviária do Ministério da Indústria e Comércio da Rússia, Denis Pak, o Lada Duster deve começar a ser fabricado ainda neste ano.

Curiosamente, a AvtoVAZ já havia iniciado o desenvolvimento do Lada Niva de terceira geração com base do Duster.

Renault Duster fabricado na Rússia
Renault Duster fabricado na Rússia (Divulgação/Renault)

Todo essa história de transição da operação russa da Renault para o Estado é decorrência das instabilidades de mercado provocadas pela Guerra na Ucrânia. A Rússia sofreu sanções internacionais e viu diversas montadoras deixaram o mercado.

Continua após a publicidade

A Renault Rússia chegou a abranger 30% de participação do mercado e era a segunda maior operação do Renault Group mundialmente.

Compartilhe essa matéria via:

Um dos maiores impasses do processo de transição da montadora é como será feito o fornecimento de componentes para a linha de montagem russa. Outra incógnita é se os modelos Captur e Arkana também seguirão os caminhos do Duster e serão fabricados pela Lada.

Havia expectativa de que esses modelos fossem desenvolvidos sob a Moskvitch, fabricante criada durante a União Soviética e que declarou falência em 2006. Segundo o prefeito de Moscou, Sergei Sobyanin, tal marca seguirá produzindo carros a combustão mas no futuro trabalhará no desenvolvimento de carros elétricos.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.