Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Prometendo consumo de 74 km/l, Chery lança Tiggo 8 Plus híbrido

Cotado para o Brasil, novo SUV sacrifica potência em troca de consumo insano e abre caminho para o futuro eletrificado da Chery

Por Eduardo Passos Atualizado em 19 jun 2021, 17h23 - Publicado em 19 Maio 2021, 17h53
Chery Tiggo 8 Plus PHEV abre
Chery Tiggo 8 Plus híbrido já está sendo fabricado na China Reprodução/Sohu

Enquanto o luxuoso Tiggo 8 Plus não chega ao Brasil, a Chery já iniciou a produção da variante híbrida do SUV, com inédita mecânica plug-in (recarregável em tomada) que pode ser vendida aqui e promete consumo impressionante.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90. 

Adiantado no Salão de Xangai, o novo Tiggo 8 Plus teve sua produção iniciada nesta terça-feira (18), justamente com a nova transmissão híbrida dedicada (DHT) que a fabricante pretende instalar em seus modelos eletrificados daqui em diante.

Ao contrário do 1.6 TGDI que vem sendo testado no Brasil, o modelo híbrido oferece motor 1.5 TGDI a gasolina combinado a dois motores elétricos, um para cada eixo, garantindo tração integral.

A potência combinada é de 169 cv e torque fica na casa dos 25,7 kgfm. Trata-se de menos torque e potência, inclusive, que o Tiggo 8 à venda no Brasil. Mesmo assim, a combinação de motores elétricos contribui para aceleração de 0 a 100 km/h em 4,9 s e um alegado consumo de insanos 73,9 km/l.

Chery Tiggo 8 Plus PHEV traseira
Emblemas no porta-malas destacam motores elétricos e tração integral Reprodução/Sohu
Continua após a publicidade

Voltado à eficiência, o Tiggo 8 Plus PHEV se apoia na inédita DHT da Chery, que também será usada em futuros elétricos puros e carros movidos a hidrogênio. A transmissão funciona em sintonia com o módulo do motor a gasolina e os três motores, oferecendo nove modos de funcionamento e podendo simular até onze marchas.

Chery Tiggo 8 Plus PHEV motor
Além do 1.5 TGDI, há um motor elétrico em cada eixo Reprodução/Sohu

Externamente, o SUV é praticamente idêntico à versão não-elétrica, com grade frontal típica dos Tiggo e DRLs anguladas. Além da tomada de recarga sobre a roda dianteira esquerda, uma das poucas formas de diferenciar o novo modelo é pelo cromado que segue a linha do teto: no PHEV ela é azul, ao invés do prateado original.

Chery Tiggo 8 Plus PHEV lateral
Modelo híbrido se diferencia pela tomada e detalhes em azul claro Reprodução/Sohu

Internamente não há mudanças, seguindo o esquema de bancos e acabamento em marrom-caramelo e painel formado por duas telas sob a mesma moldura, unindo central multimídia e quadro de instrumentos. Mas há riscos de mudanças, dado que um protótipo flagrado em testes contava com telas independentes e ligeiras mudanças sobre os porta-luvas.

Flagra feito em Brasília destaca bem o novo para-choques que acrescentou 2,2 cm ao comprimento do SUV
Modelo a combustão vem sendo testado ao redor do Brasil Wellington Cassiano/Quatro Rodas

Já em produção, o Chery Tiggo 8 Plus PHEV chegará às concessionárias chinesas por volta de julho. Em paralelo, há especulações de que o Brasil também receba o híbrido, porém com motor flex alinhado aos elétricos de cada eixo.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Capa Quatro Rodas Abril
Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade

Publicidade