Clique e assine por apenas 8,90/mês

Possível saída do Reino Unido da UE deixa Nissan em alerta

CEO da montadora diz que investimentos "seriam reconsiderados"

Por Redação - Atualizado em 9 nov 2016, 12h51 - Publicado em 13 nov 2013, 14h00
mercado

A Nissan está atenta à situação do Reino Unido, que cogita sua saída da União Europeia, a ser definida pelo voto popular num referendo programado para 2017. E, aparentemente, a montadora japonesa não parece gostar de tal possibilidade.

Em entrevista à BBC, Carlos Ghosn, CEO da Nissan, disse que a saída do Reino Unido do bloco provocaria uma reconsideração dos investimentos feitos pela marca em solo britânico. “Não acho que esse seja o cenário mais provável, mas, se ele se concretizar, teremos que verificar o significado dele em relação ao nosso futuro”, afirmou.

Publicidade