Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Pesquisa revela os dez carros menos confiáveis nos EUA

Estudo foi realizado com mais de 500 mil carros e combina resultados de pesquisa de satisfação com proprietários à testes de pistas e dados de segurança

Por Diego Dias Atualizado em 3 Maio 2021, 16h23 - Publicado em 27 out 2016, 19h36

Cadillac Escalade, Ford Focus, Jeep Renegade e Tesla Model X

A respeitada organização Consumer Reports é conhecida pela sua criteriosa avaliação de produtos americanos. Nessa semana, o órgão revelou uma pesquisa realizada na qual aponta os dez carros com menor confiabilidade nos Estados Unidos.

Feita anualmente, a pesquisa coletou dados de mais de meio milhão de veículos e seus proprietários, analisando inúmeros componentes que podem dar problema em algum carro. Dentro disso, o órgão estudou 17 áreas problemáticas, a exemplo de freios que fazem barulho, acabamentos dos interiores, assim como reparos de transmissões fora de garantia e problemas com sistemas de tração integral.

Dessa forma, a Consumer Reports pondera a gravidade de cada problema para criar uma pontuação de confiança para cada veículo. Assim, essa pontuação é combinada com os testes de pista promovidos pelo órgão, bem como os resultados de pesquisa de satisfação com os proprietários e dados de segurança. Com todas essas informações, é definida a pontuação geral de cada modelo testado.

500L

10º – Fiat 500 L

A versão large do simpático 500 entrou na lista por conta de os proprietários do modelo terem relatado problemas com a transmissão automática, que pode patinar ou até travar. Além disso, o 500L ficou devendo também por conta de problemas com a parte elétrica, componentes eletrônicos e direção.

Fiesta

9º – Ford Fiesta

O Fiesta aparece na lista por apresentar problemas na transmissão automática Powershift (já motivo de recall no Brasil). Nos Estados Unidos, os donos do hatch reclamaram da embreagem, que patina, além de ruídos na transmissão e trocas de marchas ásperas. Ruídos, vazamentos e falhas elétricas também contribuíram para a má avaliação.

GMC Yukon

8º – Chevrolet Tahoe / GMC Yukon

O grande SUV Chevrolet Tahoe e sua variante mais luxuosa, o GMC Yukon, contam com espaço, motor e equipamentos de sobra. Mas isso não os livrou de estarem presentes na lista, graças a problemas como vibrações na direção, avarias na parte elétrica e nos equipamentos eletrônicos.

Ram 2500

7º – Ram 2500

A picape Ram 1500 é a terceira mais vendida nos Estados Unidos, mas a versão de maior porte 2500 é a que apresentou mais reclamações dos seus proprietários. Entre elas, estão as vibrações no volante, bem como nos componentes da tração 4×4, parte elétrica e sistema de controle de emissões e sensores.

Continua após a publicidade

Tesla Model X

6º – Tesla Model X

O exótico SUV da Tesla, o Model X, chama a atenção pelo visual futurista e pelas portas traseiras com aberturas do tipo gaivota. São exatamente elas o motivo de falhas, com seu complexo sistema de abertura elétrico, além de defeitos nas fechaduras e travas das portas, componentes eletrônicos e até no sistema de ar-condicionado.

Chrysler 200

5º – Chysler 200

Pouco lembrado no mercado dos EUA, a presença do Chrysler 200 nesse ranking de índice de baixa confiabilidade não vai melhorar sua vendas. As principais queixas são em relação ao câmbio automático, que pode patinar e travar, além da aspereza nas trocas de marchas. Problemas na direção também foram constantemente relatados.

Chevrolet Suburban

4º – Chevrolet Suburban / GMC Yukon XL

De tamanho colossal, Chevrolet Suburban e GMC Yukon XL são construídos sobre a mesma plataforma e transportam sete pessoas com conforto. Mas o órgão afirmou que os dois tiveram problemas na transmissão automática de oito velocidades, com operação áspera e que patina. Falhas no sistema de tração integral, na parte elétrica e equipamentos eletrônicos também foram relatados.

Renegade

3º – Jeep Renegade

Sucesso de vendas no mundo inteiro (inclusive no Brasil), o Jeep Renegade ficou na terceira posição na lista de carros com menor confiabilidade. As unidades apresentaram defeitos nos freios, na transmissão, na direção e equipamentos eletrônicos, como o rádio.

Focus

2º – Ford Focus

Valorizado pela boa dirigibilidade, o Ford Focus entrou na lista – assim como o Fiesta – por conta da transmissão automatizada Powershift, com os mesmos problemas do irmão menor, como trocas de marchas ásperas e embreagem patinando (com necessidade de troca do componente).

Cadillac Escalade

1º Cadillac Escalade

Em primeiro lugar (posição que ninguém aqui gostaria de estar), um grande SUV de luxo. Os donos de Cadillac Escalade relataram falhas na transmissão, sistema de tração integral travado no modo 4WD, na central multimídia lenta, vazamentos através do teto solar e até caríssimas trocas do câmbio automático.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.


a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo de QUATRO RODAS. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês