Ostentação do futuro: conheça o Mercedes-Maybach Vision 6

Gigantesco cupê pode dar origem a novo modelo da submarca de luxo da Daimler AG

Maybach-Mercedes-6-1 Puro luxo em quase 6 metros de comprimento: este é o Vision Mercedes-Maybach 6

Puro luxo em quase 6 metros de comprimento: este é o Vision Mercedes-Maybach 6  (/)

O Bentley Continental GT e o Rolls-Royce Wraith podem ganhar um rival de peso em breve. A Mercedes-Benz apresentou em Monterrey o Vision Mercedes-Maybach 6, estudo de um cupê 2+2 de alto luxo.

Maybach-Mercedes-6-3 Capô ultralongo lembra os antigos modelos de luxo das décadas de 30 e 40

Capô ultralongo lembra os antigos modelos de luxo das décadas de 30 e 40  (/)

Com 5,7 metros de comprimento e um visual imponente, o carro poderia fazer parte do portfólio da submarca Mercedes-Maybach – inspirada na antiga empresa de luxo que existiu entre 1900 e 1940 e posteriormente entre 1997 e 2013. Atualmente, o S600 possui uma versão mais sofisticada comercializada em mercados como China e Estados Unidos.

Maybach-Mercedes-6 (interior) Estilo futurista, mas com mostradores analógicos

Estilo futurista, mas com mostradores analógicos  (/)

Sem a obrigatoriedade (possivelmente momentânea) de conceber um veículo de produção, os designers da Daimler soltaram a imaginação. O capô bastante longo ostenta a tradicional estrela de três pontas acima de uma vistosa grade com barras verticais cromadas. O teto baixo tem uma suave queda em direção à traseira, lembrando o AMG GT. Exageradamente futurista, a cabine envolve os ocupantes, que viajam em bancos envolventes. Curiosamente, o Vision Mercedes-Maybach 6 tem um quadro de instrumentos analógico, contrastando com as diversas informações projetadas no painel pela tecnologia de head up display.

Maybach-Mercedes-6-2 Bela traseira remete ao AMG GT

Bela traseira remete ao AMG GT  (/)

Quatro motores elétricos (um instalado em cada roda) impulsionam o cupê. Combinados a uma bateria de 80 kWh instalada no assoalho do veículo, eles entregam aproximadamente 760 cv. Dados divulgados pela Mercedes informam aceleração de 0 a 100 km/h em menos de quatro segundos e velocidade máxima de 250 km/h, limitada eletronicamente. A autonomia das baterias é de até 500 quilômetros, sendo que, utilizando um carregador rápido de 350 kWh, seria possível rodar mais 500 quilômetros com uma recarga de apenas cinco minutos. O veículo também pode ser recarregado em tomadas convencionais e até em estações sem fio, graças à tecnologia de campos eletromagnéticos

Maybach-Mercedes-6-4 Ainda não há definição se o conceito vai virar realidade

Ainda não há definição se o conceito vai virar realidade  (/)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s