Onze carros-conceito nacionais que brilharam no Salão do Automóvel

Protótipos brasileiros mostram que os gringos não são as únicas estrelas da feira

Fiat FCC 4 2 Fiat FCC 4 antecipou alguns elementos de design da picape Toro

Fiat FCC 4 antecipou alguns elementos de design da picape Toro  (/)

Os apaixonados por carros já sabem: a cada dois anos, as principais novidades da indústria automotiva são exibidas no Salão do Automóvel de São Paulo. Realizada desde 1960, a feira é palco de lançamentos mundiais e também abre espaço para os carros-conceito. Embora a maioria dos protótipos venha de outros países, projetos 100% brasileiros também fizeram bastante sucesso nas 29 edições do Salão.

 

MINI-PUMA

Mini Puma Projeto do subcompacto não virou realidade pela falta de incentivos do governo

Projeto do subcompacto não virou realidade pela falta de incentivos do governo  (/)

O Mini Puma foi uma das estrelas do Salão do Automóvel de 1974. Por baixo da carroceria com formas pouco comuns para a época estava um ambicioso projeto de carro urbano. O motor era um 760 cm3 de dois cilindros horizontais e opostos, que entregava aproximadamente 30 cv a 4.500 rpm.

O câmbio manual tinha a quarta marcha propositalmente longa para reduzir o consumo de combustível, estimado em até 20 km/l pela fabricante. Essa marca daria ao pequeno Puma uma autonomia de quase 600 quilômetros. Sem apoio do governo federal, a Puma foi forçada a desistir do projeto.

 

VW PARATI EDP

Parati EDP 1 A inspiração para a carroceria alargada veio dos carros da DTM

A inspiração para a carroceria alargada veio dos carros da DTM  (/)

Pouca gente se lembra, mas houve um tempo em que outro evento acontecia nos anos ímpares, ou seja, quando não havia Salão do Automóvel. O Brasil Motor Show de 1997 foi o palco da apresentação da Parati EDP (de Engineering Design Prototype), exemplar único inspirado nos bólidos da DTM, a categoria alemã de carros de turismo.

Parati EDP 2 Motor 2.0 16V do Gol GTI entregava 200 cv na perua

Motor 2.0 16V do Gol GTI entregava 200 cv na perua  (/)

Os para-choques foram integrados à carroceria e a lateral foi alargada com apliques feitos de fibra de carbono. O motor 2.0 16V utilizado originalmente no Gol GTI 16V saltou dos 145 cv originais para aproximadamente 200 cv. As rodas de liga leve da alemã BBS exigiram o desenvolvimento de cubos de rodas, discos de freio e pinças exclusivas para o projeto.

 

CHEVROLET PRISMA Y

Chevrolet Prisma Y 1 Anti-EcoSport? O Prisma Y foi o primeiro projeto do centro brasileiro de design da GM

Anti-EcoSport? O Prisma Y foi o primeiro projeto do centro brasileiro de design da GM  (/)

Apresentado em 2004, o Ford EcoSport rapidamente virou um sucesso de vendas. Diante do sucesso da concorrência, a Chevrolet revelou um estudo de SUV compacto no Salão do Automóvel de 2006. Desenvolvido no então recém-criado estúdio de design da GM América Latina, localizado em São Caetano do Sul (SP), o Prisma Y foi baseado na primeira geração do Prisma.

Chevrolet Prisma Y 2 Linhas eram inspiradas na primeira geração do Prisma

Linhas eram inspiradas na primeira geração do Prisma  (/)

 

Alguns detalhes de design aproximavam o sedã do carro-conceito, bem como o motor 1.4 Econoflex de até 97 cv. Rumores indicavam que uma versão definitiva do Prisma Y substituiria o antigo Chevrolet Tracker, o que não se concretizou.

 

FIAT FCC ADVENTURE

Fiat FCC Adventure Cupê antecipou elementos que seriam adotados posteriormente na linha Adventure

Cupê antecipou elementos que seriam adotados posteriormente na linha Adventure  (/)

Desenvolvido por profissionais da filial brasileira, o FCC (de Fiat Concept Car) Adventure era um cupê concebido para encarar desafios no fora-de-estrada.

Além da chamativa cor laranja, as rodas de 18 polegadas e a grade cromada (que seria aproveitada na reestilização promovida na Palio Adventure em 2008) também atraíram olhares para o estande da marca italiana.

 

CHEVROLET GPiX

Chevrolet GPix 1 O GPiX rompeu as fronteiras do Brasil e fez sucesso pelo mundo

O GPiX rompeu as fronteiras do Brasil e fez sucesso pelo mundo  (/)

O Salão do Automóvel de 2008 foi o palco da revelação do Chevrolet GPiX. O crossover compacto tinha um design moderno e carroceria de duas portas.

Chevrolet GPix 2 Crossover serviu de inspiração para o controverso Agile

Crossover serviu de inspiração para o controverso Agile  (/)

“Trata-se de um conceito que poderá resultar, no futuro, no desenvolvimento de vários modelos a partir de uma mesma arquitetura”, afirmou o então presidente da General Motors do Brasil e Mercosul, Jaime Ardila. O executivo tinha razão: do protótipo nasceu o Agile, hatchback de visual controverso que teve vida curta no país. 

 

FIAT BUGSTER

Fiat Bugster 1 Elétrico, o Bugster era movido por baterias de íon-lítio

Elétrico, o Bugster era movido por baterias de íon-lítio  (/)

A edição de 2010 trouxe o segundo carro-conceito desenvolvido pela Fiat em Betim (MG). Também conhecido como FCC 2, o Bugster (junção dos nomes “Buggy” e “Monster”) já acompanhava a tendência de sustentabilidade. Construída sobre um chassi tubular, a carroceria era feita com um tipo de plástico composto de polímeros feito de materiais recicláveis e fibra de carbono.

Fiat Bugster 2 Materiais recicláveis eram utilizados na construção do veículo

Materiais recicláveis eram utilizados na construção do veículo  (/)

 

O capô era produzido com fibra de sisal e nanoargila e 30% da composição dos bancos tinham óleo de fritura. Assim como a maioria dos elétricos atuais, o Bugster era impulsionado por baterias de íon-lítio, oferecendo autonomia de aproximadamente 100 quilômetros.

 

FIAT UNO CABRIO

Fiat Uno Cabrio Bonito e com motor 1.4 turbo: bem que o Uno Cabrio poderia ter virado realidade…

Bonito e com motor 1.4 turbo: bem que o Uno Cabrio poderia ter virado realidade…  (/)

O Bugster podia ser o carro-conceito mais diferente da Fiat em 2010, mas um outro estudo roubou a cena. Além de belo, o Uno Cabrio tinha uma surpresa das melhores debaixo do capô: um motor 1.4 turbo de 152 cv, o mesmo utilizado no Punto T-Jet.

Os para-choques foram redesenhados, assim como as lanternas translúcidas. Um par de santantônios atrás dos bancos do tipo concha e a ponteira central de escapamento completavam o visual. A lista de acessórios esportivos incluía ainda volante de base achatada (vindo do Fiat 500), rodas de liga leve de 16 polegadas calçadas com pneus de perfil baixo e indicador da pressão do turbo.

 

VW SAVEIRO ROCKET

VW Saveiro RockeT 1 Sonho de qualquer fã de Saveiro, a RockeT era turbinada de fábrica

Sonho de qualquer fã de Saveiro, a RockeT era turbinada de fábrica  (/)

Seis anos atrás, a VW transformou a Saveiro em um conceito bastante especial. Definida como a “realização de um sonho” pelo então chefe de design da empresa, Luiz Veiga, a Saveiro RockeT tinha um motor 1.4 turbo de 122 cv, acoplado a uma transmissão manual de seis marchas. Dados informados pela VW indicavam aceleração de 0 a 100 km/h em 9,5 segundos, atingindo a velocidade máxima de 200 km/h.

VW Saveiro RockeT 2 Picape tinha capota rígida, rodas aro 18 e pintura exclusiva

Picape tinha capota rígida, rodas aro 18 e pintura exclusiva  (/)

Outro ponto forte era o design: a RockeT vinha com pintura exclusiva, caçamba com cobertura rígida, rodas de liga leve de 18 polegadas tingidas de preto e santantônio. Por dentro, a picape trazia bancos esportivos do Golf R32, manopla de câmbio do Golf GTI e vários detalhes pintados de vermelho.

 

RENAULT SAND`UP CONCEPT

Renault Sand Up 1 Inspirado no Sandero Stepway, Sand’Up podia ser cupê ou picape

Inspirado no Sandero Stepway, Sand’Up podia ser cupê ou picape  (/)

O então recém-lançado Sandero Stepway serviu de base para o Sand’Up Concept. Primeiro projeto desenvolvido pelo Centro de Design da Renault na América Latina, localizado em São Paulo (SP), o carro era bastante versátil.

Renault Sand Up 2 Conceito também foi destaque na imprensa internacional

Conceito também foi destaque na imprensa internacional  (/)

Bastava retirar o par de arcos e o teto para transformá-lo de hatch para picape. As portas de vidro também davam um ar futurista ao protótipo revelado durante o Salão de 2008.

 

FIAT FCC 4

Fiat FCC 4 1 Linhas ousadas do FCC 4 foram mantidas na Toro

Linhas ousadas do FCC 4 foram mantidas na Toro  (/)

Antes do Salão de 2014, informações de bastidores davam conta que a Fiat estava, enfim, preparando o lançamento de uma picape média no Brasil. A confirmação veio no próprio evento na forma do FCC 4.

Fiat FCC 4 3 Depois de São Paulo, a FCC 4 também foi exibida no Salão de Buenos Aires

Depois de São Paulo, a FCC 4 também foi exibida no Salão de Buenos Aires  (/)

Embora tivesse cara de cupê pela existência de um vidro na parte traseira, o protótipo antecipava parte das linhas definitivas da Toro, que seria lançada apenas no começo de 2016.

 

NISSAN KICKS CONCEPT

Nissan Kicks Concept 1 SUV conceitual foi apresentado no Brasil por Carlos Ghosn, CEO da Nissan

SUV conceitual foi apresentado no Brasil por Carlos Ghosn, CEO da Nissan  (/)

A última edição do Salão trouxe uma revelação mundial no estande da Nissan, com direito até à apresentação conduzida pelo CEO da aliança Renault-Nissan, Carlos Ghosn. O Kicks Concept foi desenvolvido no centro de estilo da marca em San Diego, na Califórnia, com auxílio dos profissionais de design da Nissan do Brasil.

Nissan Kicks Concept 2 Combinação bicolor da carroceria foi preservada no Kicks definitivo

Combinação bicolor da carroceria foi preservada no Kicks definitivo  (/)

 

De acordo com a empresa, a carroceria em dois tons (cinza com teto laranja) é fruto da paisagem cinzenta da cidade de São Paulo com a profusão de cores vibrantes do Rio de Janeiro. Discurso de marketing à parte, o conceito serviu de inspiração para a versão definitiva do Kicks – que ficou bastante parecida com o estudo de estilo mostrado em 2014.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s