Clique e assine com até 75% de desconto

Número de mortes no trânsito cai 18,5% em São Paulo

No primeiro semestre, houve 118 fatalidades a menos do que em 2014

Por Rodrigo Furlan Atualizado em 9 nov 2016, 14h42 - Publicado em 30 set 2015, 12h08
mercado

A Companhia de Engenharia de Tráfego de São Paulo (CET-SP) divulgou dados referentes às mortes registradas no trânsito da capital paulista ao longo do primeiro semestre de 2015. De acordo com o órgão, houve uma redução de 18,5% na comparação com o mesmo período de 2014, o que representa 118 fatalidades a menos.

No total, entre janeiro e junho, foram 519 mortes no trânsito paulistano, sendo 85 delas envolvendo motoristas e passageiros, 230 relacionadas a pedestres, 189 de motociclistas e 15 de ciclistas. Tomando como base cada uma dessas categorias, houve redução de fatalidades em todas.

A mais significativa delas diz respeito aos ciclistas: 46,4% menos acidentes fatais na comparação com o mesmo período em 2014. Também foi expressiva a queda entre os ocupantes de veículos, de 26,1%. As reduções de fatalidades entre pedestres e motociclistas foram de, respectivamente, 16,1% e 14,1%.

Atualmente, São Paulo tem um índice de 9,45 mortos no trânsito a cada 100 mil habitantes, número bem menos negativo do que a média nacional – segundo o Ministério da Saúde, superior a 20 mortes por 100 mil habitantes. De acordo com a CET, a meta da cidade para 2020 é reduzir esse número para 6,0 mortes por 100 mil habitantes.

VEJA MAIS– MP investiga destino das arrecadações com multas de trânsito em SP– Pesquisa revela: ocupantes têm usado mais o cinto de segurança traseiro em SP

Continua após a publicidade
Publicidade