Novo Cobalt é lançado com preços a partir de R$ 52 690

Com novo visual, acabamento caprichado e equipamentos inéditos, ele perde a versão mais simples e encarece bastante

fabricantes fabricantes

fabricantes (/)

A Chevrolet lança hoje o Cobalt 2016. A principal novidade está no visual reestilizado. Na dianteira, o destaque é para a nova grade, inspirada no Chevrolet Malibu; os faróis de dupla parábola; e o capô com vincos em V. Na traseira, as lanternas envolventes invadem a tampa do porta-malas. Por dentro, as laterais das portas foram redesenhadas e ficaram mais bonitas e funcionais, mas as maiores mudanças estão nos equipamentos.

cobalt-3.jpeg cobalt-3.jpeg

cobalt-3.jpeg (/)

O novo Cobalt é apresentado em quatro versões de acabamento e contéudo, como antes. Mas, na linha 2016, ele perdeu a mais simples LS e ganhou uma mais sofisticada Elite. Segundo a GM, agora, desde a versão de entrada LT, ele traz como itens de série ar-condicionado, trio elétrico, chave canivete com controle remoto e bancos e volante com regulagem de altura. E, para as versões intermediária LTZ e top de linha Elite estão disponíveis ainda sensor de estacionamento, piloto automático, computador de bordo, central multimídia (de segunda geração) e sistema de assistência remota OnStar (com serviços de emergência, segurança, navegação e concierge).

cobalt-7.jpeg cobalt-7.jpeg

cobalt-7.jpeg (/)

Como resultado da eliminação da versão LS (antes tabelada em R$ 44 990), os preços iniciais do Cobalt subiram bastante. A partir de agora, a versão de entrada LT começa em R$ 52 690 (antes, era R$ 47 890, um aumento de quase cinco mil reais). Já a top de linha Elite chega a R$ 67 990. Aparentemente, o Cobalt sobe de nível e se afasta do Prisma, com quem até agora dividiu a mesma faixa de preço.

cobalt-2.jpeg cobalt-2.jpeg

cobalt-2.jpeg (/)

Não houve mudanças mecânicas. O Cobalt continua com seus motores 1.4 de 102 cv com etanol (sempre equipado com câmbio manual de 5 marchas) e 1.8 de 108 cv (com a opção da transmissão automática de 6 marchas). Mesmo assim, levamos a nova versão Elite para um teste completo na pista – os resultados podem ser vistos na edição de dezembro de QUATRO RODAS, já nas bancas.

LEIA MAIS:

– Onix assume a liderança nas vendas acumuladas do ano

– Nissan Versa e March terão câmbio automático CVT

– Vem aí um Hyundai HB20 esportivo com motor 1.0 turbo

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s