Clique e assine por apenas 8,90/mês

Nova plataforma de baixo custo da GM deve substituir Onix, Prisma e Classic

Destinado aos mercados emergentes, o projeto GEM será fruto de um investimento de US$ 500 milhões e de uma parceria com a chinesa SAIC

Por Guilherme Fontana - Atualizado em 9 nov 2016, 14h53 - Publicado em 14 mar 2016, 16h05
Chevrolet Onix

A General Motors investirá US$ 500 milhões, em parceria com a fabricante chinesa SAIC, para a produção de uma nova plataforma de baixo custo que dará origem a nova família de compactos da Chevrolet. Chamado de GEM (Global Emerging Markets), o projeto deverá fazer sua estreia em 2018 e será destinado a mercados emergentes, como América Latina, África, Ásia e Oriente Médio. As informações são do site Autoblog Argentina.

Segundo a publicação, a plataforma aposentará, de uma só vez, modelos como Onix, Prisma, Classic, Sail e Sonic, podendo afetar ainda Spin, Tracker, Agile e Cobalt. A nova famíia de compactos será composta por um hatch, dois sedãs, um SUV, um “SUV-cupê”, uma picape e duas minivans (uma de cinco e uma de sete lugares). 

Mais do que apenas uma substituição de modelos, o GEM tem como meta (além da redução de custos) superar a produção de todos os anteriores, com produção anual de até 1,8 milhões de veículos. Só para a América Latina, a expectativa é de 550 mil. Como comparação, Aveo e Sonic hoje têm 90 mil unidades produzidas ao ano, Classic e Sail têm 50 mil e Onix e Prisma têm 300 mil. Apesar de os modelos serem fabricados em nove fábricas diferentes, a plataforma para os carros feitos no Mercosul deverá sair apenas de um local: Brasil.

Continua após a publicidade
Publicidade