Clique e assine por apenas 8,90/mês

Nissan Sentra ganha visual renovado nos Estados Unidos

Mudanças não afetam a mecânica, e devem chegar ao Brasil em 2016

Por Guilherme Fontana - Atualizado em 9 nov 2016, 14h45 - Publicado em 18 nov 2015, 18h16
fabricantes

Mais uma novidade programada para o Salão de Los Angeles, o Nissan Sentra reestilizado teve suas primeiras imagens reveladas. O sedã, que deve chegar em 2016 no Brasil, começará a ser vendido nos Estados Unidos ainda este ano por US$ 16 780 (R$ 63 600), representando um aumento de apenas US$ 250 (R$ 947) em relação ao modelo atual. Para o Brasil, a previsão é de que os preços também não sofram grandes alterações – atualmente, parte de R$ 69 590 com câmbio manual e R$ 75 990 com câmbio CVT.

2016_nissan_sentra_08.jpeg

O novo Maxima foi a inspiração para o Sentra, que teve seu estilo sóbrio atenuado por linhas levemente mais ousadas. Na dianteira, o modelo adotou os característicos faróis “bumerangue” da Nissan, com leds diurnos e, no caso da versão topo de linha, projetores também com leds. O para-choque e a grade ficaram com aberturas maiores.

2016_nissan_sentra_11.jpeg

Na parte traseira as mudanças foram mais discretas. O para-choque foi redesenhado e as lanternas têm novo arranjo interno com iluminação em leds. As rodas podem ser de 16 ou 17 polegadas, variando de acordo com a versão. O interior, por sua vez, passou por alterações apenas nos materiais utilizados no revestimento, como black piano, e no volante.

LEIA MAIS:

Continua após a publicidade

– Teste: Nissan Sentra SL 1.8

– Teste: Nissan Sentra Unique

As versões mais caras serão equipadas com sistema multimídia com tela de 5,8 polegadas com GPS e aplicativos Nissan. Estarão presentes também novos sistemas de segurança como frenagem de emergência, piloto automático adaptativo e alerta de pontos cegos.

2016_nissan_sentra_25.jpeg

A mecânica, porém, permanece intacta. Nos EUA, o sedã será equipado com o mesmo motor 1.8 de 130 cv de potência e câmbio manual de seis velocidades ou CVT. No Brasil, o Sentra também deverá manter a atual motorização 2.0 de 140 cv de potência com câmbio automático CVT. Ainda é incerta a possibilidade de o modelo continuar oferecendo a transmissão manual por aqui.

Publicidade