Clique e assine com até 75% de desconto

Land Rover revela Evoque conversível, que chega ao Brasil em 2016

SUV tem capota elétrica que se recolhe em 18 segundos

Por Vitor Matsubara Atualizado em 9 nov 2016, 14h44 - Publicado em 9 nov 2015, 12h27
fabricantes

Se o Evoque surpreendeu o mundo quando foi apresentado em 2012, a Land Rover espera repetir a dose com uma nova variação do modelo mais bem-sucedido da Range Rover. O Evoque Convertible é baseado na versão de três portas, mas ao invés do teto rígido, traz uma capota elétrica que é recolhida em 18 segundos e erguida em 21 segundos, desde que não se ultrapasse a velocidade de 50 km/h.

evoque-convertible-4.jpeg

Sua capacidade para vencer obstáculos fora-de-estrada continua a mesma, com tração nas quatro rodas e todas as assistências eletrônicas que ajustam o veículo para vários tipos de terreno. Embora seja chamado pela montadora de “o primeiro SUV compacto conversível de luxo do mundo”, o Evoque não é o primeiro utilitário-esportivo sem teto do mercado. Em 2011, a Nissan lançou o Murano CrossCabriolet, mas suas vendas foram tão baixas que a empresa decidiu interromper sua produção apenas três anos depois.

evoque-convertible-3.jpeg

Como acontece na maioria dos conversíveis, a capacidade volumétrica do porta-malas foi reduzida de 420 litros para 251 litros, pela necessidade de espaço para alojar a capota. Além disso, a tampa traseira abre apenas parcialmente. A colocação de reforços estruturais pela carroceria e a colocação do mecanismo elétrico para acionar a capota deixaram o Evoque 270 quilos mais pesado que a versão convencional.

evoque-convertible-2.jpeg

São duas opções de motorização: 2.0 turbo a gasolina com 240 cv e 2.0 TD4 Ingenium a diesel, de 180 cv. O Evoque Convertible fará sua estreia mundial durante o Salão de Los Angeles, e começa a ser vendido no Reino Unido entre o primeiro e o segundo semestre de 2016. Sua chegada ao mercado brasileiro está confirmada para o ano que vem.

Continua após a publicidade
Publicidade