Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Ladrão rouba Porsche 918 Spyder de US$ 1,69 milhão – mas se dá mal

Francisco Velazquez ficou apenas 6h em posse do superesportivo antes de ser preso

Por Vitor Matsubara Atualizado em 23 nov 2016, 21h11 - Publicado em 9 jun 2016, 15h46
Porsche 918 Spyder
Exemplar roubado estava exposto em revenda da marca em Salt Lake City

Roubar um carro de dentro de uma concessionária nunca é uma boa ideia. Se o veículo em questão for um Porsche, então, menos ainda. Mas sempre dá para piorar. Foi o que descobriu Francisco Gonzalez-Velazquez, que resolveu levar um 918 Spyder de dentro do showroom de uma concessionária Porsche.

Além de ter “sequestrado” um dos modelos mais raros do planeta (apenas 918 unidades foram produzidas, sendo que todas foram vendidas há meses), Gonzalez achou que ninguém notaria se ele roubasse o carro em um domingo. Durante o dia.

Segundo informações da emissora KUTV, o meliante quebrou a vitrine da revenda da Porsche em Salt Lake City por volta das 16h30 e achou as chaves do 918 Spyder. A diversão do ladrão, porém, durou pouco: os policiais localizaram e prenderam Francisco às 22h30 do mesmo dia, a menos de 4 quilômetros do local do roubo.

De acordo com a revista Road & Track, o 918 Spyder é uma das poucas unidades equipada com o pacote Weissach, que dispensa pintura e boa parte do isolamento acústico para reduzir o peso total do veículo em 41 quilos. A pintura é branca com as tradicionais faixas azuis e vermelhas da equipe Martini Racing – assim como um dos poucos 918 vendidos no Brasil e que foi testado por QUATRO RODAS.

Agora em mãos seguras, o Porsche – que tinha pouco mais de 1.200 quilômetros rodados antes do delito – está à venda por US$ 1,69 milhão.

Continua após a publicidade
Publicidade