Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Fiat chega a acordo para a aquisição da Chrysler

41,46% restantes serão comprados por US$ 4,35 bilhões

Por Redação Atualizado em 9 nov 2016, 12h57 - Publicado em 2 jan 2014, 09h06
mercado

A Fiat chegou a um acordo com o fundo (VEBA) ligado à United Auto Workers (UAW) para adquirir o restante das ações do Grupo Chrysler e, assim, deter a totalidade das ações da companhia norte-americana. A informação foi revelada pelo grupo italiano nessa quarta-feira (1º).

Para ficar com os 41,46% que ainda faltavam, a Fiat-Chrysler irá desembolsar US$ 3,65 bilhões (sendo US$ 1,9 bilhão proveniente da Chrysler e US$ 1,75 bilhão da Fiat) à vista. Além disso, depois do negócio concluído, a Chrysler se compromete a pagar mais US$ 700 milhões à VEBA parcelados em três anos.

O acordo, que deverá ser sacramentado até o dia 20 de janeiro, é uma vitória pessoal de Sergio Marchionne, CEO do Grupo Fiat, que batalhava por sua concretização há alguns anos.

Continua após a publicidade

Publicidade