Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Explosão em fábrica da GM mata um e deixa oito feridos nos EUA

Produção foi suspensa na cidade de Marion, Indiana

Por redação Atualizado em 9 nov 2016, 13h49 - Publicado em 2 jul 2014, 12h16
fabricantes

Uma explosão química na fábrica de estampagem de metais da General Motors em Marion, Indiana, Estados Unidos, matou uma pessoa, enquanto outras oito ficaram feridas.

Cliff Sessoms, delegado de polícia cidade, disse à Bloomberg que uma chamada de emergência foi recebida no começo da tarde de ontem, informando sobre a explosão. Foi relatado que a explosão envolveu um tanque de dióxido de cloro. A fábrica foi evacuada e, em seguida, a produção foi suspensa.

“Quando ocorreu a explosão, os funcionários foram evacuados e o Corpo de Bombeiros e outro pessoal de emergência entraram em ação rapidamente”, disse Bill Grotz, um porta-voz da GM. “Nossas condolências e mais profunda solidariedade vão para a família e os colegas do nosso membro da equipe”.

De acordo com o site da empresa, o Marion Metal Center emprega mais de 1.600 trabalhadores. A planta fornece esboços, estampagens e montagem de chapa para uma variedade de veículos da GM. A General Motors anunciou que o primeiro turno do dia foi mandado para casa, o segundo foi cancelado, enquanto o terceiro é esperado para trabalhar como de costume.

A empresa Quaker Chemical Corp (KWR), uma especialista em produtos químicos da Pensilvânia, disse em um comunicado separado que o trabalhador que perdeu a vida, James L. Gibson, de 48 anos, foi um dos seus empregados.

Continua após a publicidade

Publicidade