Ex-executivo da GM diz que governo dos EUA “matou” Pontiac

Ideia original era manter apenas Chevrolet e Cadillac

mercado mercado

mercado (/)

O governo dos Estados Unidos forçou a General Motors a “matar” a marca Pontiac logo depois da grave crise pela qual a companhia passou, há pouco mais de três anos. A informação foi revelada por Bob Lutz, que à época era o vice-chairman de Desenvolvimento de Produtos Globais da GM.

“Os federais basicamente queriam que a GM mantivesse apenas Chevrolet e Cadillac. Eles disseram: ‘Vocês não precisam de todas essas marcas, só de uma de prestígio e de outra de massa'”, disse Lutz, num evento realizado no Petersen Automotive Museum.

Vale lembrar que, depois da crise que quase a levou à falência, a GM também conseguiu manter vivas outras marcas, como Buick e GMC.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s