Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Ex-executivo da GM diz que governo dos EUA “matou” Pontiac

Ideia original era manter apenas Chevrolet e Cadillac

Por Redação Atualizado em 9 nov 2016, 12h49 - Publicado em 29 out 2013, 13h22
mercado

O governo dos Estados Unidos forçou a General Motors a “matar” a marca Pontiac logo depois da grave crise pela qual a companhia passou, há pouco mais de três anos. A informação foi revelada por Bob Lutz, que à época era o vice-chairman de Desenvolvimento de Produtos Globais da GM.

“Os federais basicamente queriam que a GM mantivesse apenas Chevrolet e Cadillac. Eles disseram: ‘Vocês não precisam de todas essas marcas, só de uma de prestígio e de outra de massa'”, disse Lutz, num evento realizado no Petersen Automotive Museum.

Vale lembrar que, depois da crise que quase a levou à falência, a GM também conseguiu manter vivas outras marcas, como Buick e GMC.

Publicidade