Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

EUA: NHTSA pressiona GM por informações

Entidade quer explicações sobre recall de 1,6 milhão de carros

Por Redação Atualizado em 9 nov 2016, 13h07 - Publicado em 7 mar 2014, 14h21
mercado

A National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA), entidade responsável pelo gerenciamento de questões relativas ao trânsito nos Estados Unidos, está pressionando a General Motors a dar explicações detalhadas sobre o recall convocado (e, posteriormente, ampliado) em fevereiro abrangendo 1,6 milhão de carros no país.

De acordo com o site Automotive News, a NTHSA encaminhou um questionário com 107 itens à montadora, que tem até o dia 3 de abril para enviar as respostas. Entretanto, segundo o site, não são perguntas de simples resposta. Algumas delas poderão demandar inventários de dezenas (eventualmente, centenas) de páginas.

O objetivo da entidade é verificar se, de fato, a GM tinha conhecimento prévio do problema de ignição que, até onde se sabe, causou 23 acidentes, com um total de 13 vítimas fatais. Caso seja constatada a negligência da fabricante em relação ao defeito, ela poderá ser multada em até US$ 35 milhões, maior valor de sanção já aplicado a uma montadora nos EUA.

Continua após a publicidade

Publicidade