Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Citroën revela conceito Aircross oficialmente

Modelo será apresentado durante o Salão de Xangai

Por Cadu Tupy Atualizado em 9 nov 2016, 14h26 - Publicado em 8 abr 2015, 11h27
fabricantes

Depois de algumas notícias antecipando o conceito, finalmente a Citroën revelou oficialmente o Aircross que estará no Salão de Xangai, na China, no fim do mês. O carro, inspirado no C4 Cactus, possui 4580 mm de comprimento, 2100 mm de largura e 1800 mm de altura, além de ser calçado por rodas de 22 polegadas, ficando tão grande quanto modelos como a Santa Fé, da Hyundai, e o Discovery Sport, da Land Rover.

Mostrado com uma cor vermelha alaranjada, o carro segue o apresentado no Cactus ao incorporar “bolsas” na carroceria, porém, agora, feitas em alumínio e borracha dura, mas algo que provavelmente não será levado adiante no modelo de produção. Além disso, para melhorar a aerodinâmica, apêndices foram instalados ao redor das janelas e nas entradas de ar dianteiras.

Confira galeria do Aircrossaircrossconcept_0005.jpeg

O trem de força é híbrido plug-in, com um motor a combustão 1.6 litro turbo de 221 cavalos de potência e 28,07 mkgf de torque que trabalha em conjunto com um motor elétrico de 96 cavalos de potência e 20,46 mkgf de torque no eixo traseiro. Equipado com baterias de íons de lítio, o carro tem 50 km de autonomia neste modo e para recarregar demora três horas e meia em uma tomada convencional.

Com as duas unidades motrizes combinadas, o carro tem 317 cavalos de potência o que permite aceleração de 0 até 100 km/h em 4,5 segundos e o consumo de 1.7 litro de combustível a cada 100 km rodados com emissões de 39g/km de CO2. O interior moderno vem com duas telas de alta definição e 12 polegadas e cada banco possui caixas acústicas e microfone para aumentar a interação entre os passageiros.

Segundo a Citroën, que não revelou qualquer informação ainda sobre a versão de produção do novo Aircross, o conceito mostra suas ambições internacionais e será apresentado ao público pela primeira vez durante o Salão de Xangai, na China.

Continua após a publicidade

Publicidade