Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Citroën encerra produção do C6

Sedã teve baixas vendas em 2012

Por Vitor Matsubara Atualizado em 9 nov 2016, 12h11 - Publicado em 14 dez 2012, 12h20
fabricantes

A Citroën descontinuará a produção do sedã de luxo C6, deixando a França sem representantes na categoria a partir de 2013.

O fim da produção do C6 marca a história da Citroën, conhecida por fabricar pelo menos um modelo de alto luxo desde os anos 50, quando o lançamento do sedã DS surpreendeu a Europa. Com design ousado e tecnologias como a suspensão hidropneumática (que permitia regular a distância do veículo em relação ao solo), o DS substituiu o Traction Avant com sucesso e chegou a ser eleito o carro mais bonito da história por um júri composto por 20 designers de renome em 2009.

Ao contrário do clássico DS, o C6 não caiu no gosto dos consumidores de sedãs de luxo. Nos primeiros dez meses deste ano, apenas 556 unidades foram vendidas no mercado europeu. Os números discretos fizeram a Citroën seguir os passos da Peugeot, que também deixou o segmento ao encerrar a produção do 607 em 2010. A Renault comercializa o Latitude, uma versão francesa do Samsung SM5, modelo desenvolvido na Coreia do Sul.

Continua após a publicidade

Publicidade