Chevrolet Camaro renovado continua mais caro que o Mustang: R$ 328.990

De cara nova, esportivo V8 enfim tem preços revelados. Versão conversível passa de R$ 365 mil

Na dianteira, capô, grade, faróis e para-choque foram redesenhados

Na dianteira, capô, grade, faróis e para-choque foram redesenhados (Christian Castanho/Quatro Rodas)

A Chevrolet se apressou em mostrar o Camaro reestilizado no Salão do Automóvel, mas só agora divulgou os novos preços para o esportivo.

Agora o Camaro custa a partir de R$ 328.990 na carroceria cupê e R$ 365.990 para o conversível. No caso da versão fechada, o muscle car da Chevrolet continua mais caro que seu maior rival, o Ford Mustang, que custa R$ 315.990.

Tratamento cosmético inclui para-choque redesenhado

Tratamento cosmético inclui para-choque redesenhado (Christian Castanho/Quatro Rodas)

O que muda? A parte central da dianteira, antes pintada na cor do carro, agora é preta, eliminando a clara divisão entre o nível superior e inferior. A tradicional gravata Chevrolet dourada passou a ser vazada e foi realocada, descendo da grade inferior para o centro. 

Os leds que cumprem a função de DRL (luz diurna) estão maiores, se prolongando em direção ao centro a partir da linha superior dos faróis.

Ilusão de ótica: gravata parece preta, mas, na verdade, é vazada

Ilusão de ótica: gravata parece preta, mas, na verdade, é vazada (Christian Castanho/Quatro Rodas)

Atrás, mais mudanças. As novas lanternas aproveitam o contorno das antigas, mas agora são peças em 3D, com superfície em diferentes níveis. Entre elas, há a gravata preta, típica das séries Midnight.

No perfil, as rodas da linha 2019 apresentam novo desenho, mas mantiveram o tamanho: 20 polegadas, calçadas com pneus 245/40 na dianteira e 275/35 na traseira.

Linhas horizontais, painel bipartido e console elevado: respeito às origens

Linhas horizontais, painel bipartido e console elevado: respeito às origens (Christian Castanho/Quatro Rodas)

Por dentro, há novos modos de exibição para o quadro de instrumentos e o projetor do para-brisa (HUD), tela de melhor qualidade para a central multimídia MyLink3 (que opera os sistemas Android Auto e Apple CarPlay e pode receber atualizações via Wi-Fi) e iluminação ambiente com 24 combinações.

O motor é o mesmo 6.2 V8 a gasolina de 461 cv e 62,9 mkgf. A novidade é o câmbio automático de dez marchas, duas a mais que a caixa anterior.

É o mesmo câmbio do Mustang, porém com outro gerenciamento eletrônico. Uma das novas funções é o controle de largada, que evita perda de tração em arrancadas.

Motor V8 aspirado de 461 cv

Motor V8 aspirado de 461 cv (Christian Castanho/Quatro Rodas)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s