Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Carros importados podem ter redução de IPI. Mas só em 2018

Nova fase do Inovar-Auto, em 2018, pode acabar com o IPI de 30% para importação de veículos

Por Isadora Carvalho Atualizado em 9 nov 2016, 14h51 - Publicado em 19 fev 2016, 19h41
Loja da Kia Motors

Está pensando em comprar um carro importado? Se não tiver nenhuma pressa, você pode adquiri-lo por um preço bem menor do que está hoje. Mas será preciso esperar quase dois anos para isso.

Em 31 de dezembro de 2017, expira o prazo do Inovar-Auto, programa brasileiro para incentivar a produção nacional e sua nova fase pode acabar com o IPI majorado em 30 pontos percentuais para importação de veículos. Com isso, as alíquotas de importação devem retornar aquelas vigentes antes do anúncio do programa, em 2012 – quando os estrangeiros tiveram o índice elevado de 7% para 37%.

Leia mais:

>> Carro brasileiros é o mais barato do mundo”, diz presidente da JAC

Continua após a publicidade

>> Governo quer tirar das ruas carros com mais de 15 anos

>> Com incentivo, carro elétricos podem custar até 30% menos

A informação foi revelada por Rodrigo Bolina, coordenador geral das indústrias do complexo automotivo do MDIC, Ministério do desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. “É improvável a continuação do IPI majorado na próxima fase do Inovar Auto”, afirma Bolina.

Ele argumenta que a União Europeia e o Japão questionam a Organização Mundial de Comércio (OMC) alegando que o aumento de IPI é na prática uma barreira comercial aos produtos trazidos do exterior.

Para o governo, o IPI majorado de 30% foi pensado em 2011. Na época, o impacto no valor final dos importados foi de 15% em média. Agora, porém, a situação no mercado é diferente. Especialistas esperam ter uma diretriz clara a partir desse ano, a fim de poder criar a base para um novo programa automotivo.

Fonte: Auto Data

Continua após a publicidade

Publicidade