Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Bentley apresenta o Flying Spur W12 S, sedã mais rápido de sua história

Com motor W12 turbo, sedã é tão veloz quanto uma Ferrari 488 GTB 

Por Henrique Rodriguez Atualizado em 9 nov 2016, 15h04 - Publicado em 8 set 2016, 21h24
Flying Spur W12 S - 02

Uma boa parcela dos compradores de Bentley escolhem os carros da marca pelo luxo, conforto e status que eles representam. Mas há uma outra parcela que, além de tudo isso, também espera que estes carros sejam velozes. Foi para eles que a fabricante britânica criou o Flying Spur W12 S, por enquanto o sedã mais rápido da história da marca. 

LEIA MAIS:

>> Impressões: Bentley Bentayga, o Rolls-Royce dos SUVs

>> Clássicos: Rolls-Royce Silver Spirit, o prata de ouro

>> Impressões: Flyung Spur V8, o Bentley “popular”

Continua após a publicidade

Flying Spur W12 S - 03

Peça chave da versão, o motor W12 6.0 twin turbo foi atualizado para chegar aos 635 cv (10 cv extras) enquanto o torque, já colossal, foi de 81,6 mkgf para 83,6 mkgf, disponíveis a apenas 2.000 rpm. Sob o controle da transmissão automática de oito marchas e da tração integral (que distribui o torque entre os eixos na ordem 40/60), esta força garante velocidade máxima de 325 km/h – o mesmo que uma Ferrari 488 GTB. O zero a 100 km/h se dá em 4,2 s. 

Flying Spur W12 S - 04

Para dar conta do fôlego extra, este Flying Spur tem suspensão recalibrada e programação própria para o controle de estabilidade. Freios carbocerâmicos, dignos de superesportivos, são opcionais. 

Flying Spur W12 S - 05

Quem compra um carro como o W12 S gosta de exclusividade. Por isso, esta versão também uma série de detalhes com acabamento escuro, como a grade dianteira, capa dos retrovisores e rodas aro 21″ com pintura preta. Por dentro, o quadro de instrumentos tem grafismos e molduras próprias, além de apliques de fibra de carbono e logotipos W12 S nos encostos de cabeça dos bancos.

Flying Spur W12 S - 06
Continua após a publicidade

Publicidade