Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Audi terá Q1, Q8 e crossover elétrico para tentar superar BMW

Cerca de R$ 80 bilhões serão investidos na apresentação dos novos modelos

Por Anaís Motta Atualizado em 9 nov 2016, 14h30 - Publicado em 26 Maio 2015, 14h53
fabricantes

A Audi projeta lançar um novo SUV para ser o carro-chefe de sua linha, além de um crossover elétrico. A iniciativa faz parte de um plano para tentar desbancar a BMW.

O Q8, um SUV topo de linha, deve chegar às lojas até 2019; o modelo elétrico virá antes, em 2018; haverá, ainda, o SUV subcompacto de entrada, o Q1, já no ano que vem. Tudo isso foi anunciado na última sexta-feira, 22, pelo presidente-executivo Rupert Stadler em reunião anual de acionistas da empresa na Alemanha.

Maior contribuinte para os lucros da Volkswagen, a Audi pretende investir 24 bilhões de euros (cerca de R$ 80 bilhões) até 2019 a fim de apresentar novos modelos e aumentar seu ritmo de produção. A ideia é que o inédito Q8 e o modelo elétrico reforcem o atrativo da montadora em mercados como EUA e China, enquanto a marca diminui a distância para a BMW. A Audi também quer se manter à frente da Mercedes-Benz, terceira colocada atualmente, que está crescendo rapidamente e tem as mesmas metas grandiosas de liderança.

Além das rivais conterrâneas, a Audi enfrentará uma concorrência ainda maior quando seu novo SUV chegar aos salões. A Bentley, outra marca de carros de luxo da Volkswagen, apresentará o Bentayga – que, segundo os britânicos, será o SUV mais luxuoso e caro do muundo – ainda em 2015. A Maserati, marca exclusiva da Fiat-Chrysler, também tem movido seus pauzinhos e se prepara para lançar o Levante, enquanto a Jaguar começará a vender seu primeiro crossover, o F-Pace, já no ano que vem.

Continua após a publicidade
Publicidade