Clique e assine por apenas 5,90/mês

Audi mostra novo A5 com a melhor aerodinâmica da categoria

Maior, mais luxuoso e potente em relação ao antigo, o modelo também ficou mais leve e tem personalidade própria

Por Guilherme Fontana - Atualizado em 23 nov 2016, 21h09 - Publicado em 2 jun 2016, 20h00
Audi A5
Segunda geração do cupê (na foto, o S5) ganha linhas mais arredondadas em relação aos outros carros da marca

A Audi fez a apresentação mundial da nova (e segunda) geração do A5 — já acompanhado da versão esportiva S5. Completamente renovado e com o melhor coeficiente aerodinâmico da categoria (0,25 cx), o cupê baseado no A4 terá suas vendas iniciadas ainda este ano na Europa. No Brasil, sua chegada deve acontecer em 2017.

Mesmo com aparência típica de um Audi, o A5 aposta em linhas mais arredondadas para se diferenciar entre seus irmãos. Os faróis full led têm formato mais convencional em relação aos do A4, dotados de diversos e angulosos recortes; o capô tem quatro vincos marcantes e o para-choque tem visual esportivo mesmo na versão “comportada”. A traseira é o ponto que mais guarda semelhanças com o sedã de origem, com lanternas cheias de recortes e que invadem a tampa do porta-malas. Os traços fluidos se repetem nas laterais.

Audi A5
Traseira usa lanternas com grande quantidade de vincos e relevos (na foto, o A5)

Assim como a parte externa, o interior não reserva grandes surpresas. O painel abusa das linhas horizontais, além de abrigar o aclamado quadro de instrumentos digital e uma tela extra no centro. O acabamento mescla superfícies de toques e cores diferentes, como plástico, aço escovado, couro e alcântara.

Entre os equipamentos, há sistemas de entretenimento com navegador, piloto automático adaptativo, seleção de modos de condução, alerta de tráfego cruzado traseiro, alerta de colisão, sistema de “previsão” de acidentes, assistente de estacionamento, abertura do porta-malas por gestos dos pés, faróis com matrix de leds, leitura de placas e sistema de áudio Bang&Olufsen.

Audi A5
Interior repete os traços do A4, assim como o quadro de instrumentos digital

Na mecânica as novidades vão mais a fundo. Apesar do entre-eixos maior e dos reforços estruturais, a Audi afirma que o A5 está até 60 kg mais leve em relação ao antigo. Serão cinco opções de motores: dois a gasolina e três a diesel, variando entre 189 e 286 cv. Já o S5 deixa de lado o compressor e aposta em um V6 3.0 turbo com 354 cv, prometendo ir de 0 a 100 km/h em 4,7 segundos. As transmissões serão manual de seis marchas, automatizada de sete ou automática de oito, enquanto a tração integral estará disponível para as duas versões mais caras de série e como opcional para as configurações com câmbio manual.

Continua após a publicidade
Publicidade