Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Melhor Revenda: os sedãs usados mais valorizados de 2023

Premiação criada por QUATRO RODAS e KBB Brasil chega para indicar os modelos que mais preservam o seu investimento após a compra

Por Da Redação
Atualizado em 5 Maio 2023, 17h14 - Publicado em 23 abr 2023, 04h00

Sedã compacto de acesso

1° – Renault Logan: -18,43%

Em um dos segmentos que mais encolheu nesta edição do Melhor Revenda, o Logan foi, disparado, o que menos desvalorizou em 12 meses. Vendido em apenas duas configurações de acabamento e com o mesmo conjunto mecânico, o sedã da Renault atrai pelo custo/benefício e acaba como uma compra racional em seu segmento, o que se reflete entre os usados.

– Fiat Cronos: -23,86%

Fiat Cronos Melhor Revenda 2023
(Divulgação/Fiat)

3º – VW Voyage: -28,69%

Voyage Melhor Revenda 2023
(Divulgação/Quatro Rodas)

SEGMENTO: Fiat Cronos; Renault Logan; VW Voyage

Sedã compacto de referência

1° – VW Virtus: -12,74%

Continua após a publicidade
Virtus
(Divulgação/Volkswagen)

Com uma linha mais enxuta em 2022 e boa demanda no mercado de segunda mão, o Virtus é o vencedor entre os sedãs compactos de referência. Ele se garante pelo bom espaço interno, dinâmica apurada e os sempre elogiados motores TSI. Bom relembrar que a recente reestilização do modelo se deu em fevereiro, mas ainda fora do período de avaliação da KBB.

– Honda City: -15,20%

New City Sedan Touring Melhor Revenda 2023
(Divulgação/Honda)

– Chevrolet Onix Plus: -17,03%

Onix Plus Melhor Revenda 2023
(Divulgação/Chevrolet)

SEGMENTO: Chevrolet Onix; Honda City; Hyundai HB20S; Nissan Versa; Toyota Yaris; VW Virtus

 

Sedã Médio

1° – Toyota Corolla: -19,71%

Continua após a publicidade
Corolla GLI
(Fernando Pires/Quatro Rodas)

A vida ficou bem mais fácil para o Corolla com o fim da produção nacional do Civic, inclusive aqui no Melhor Revenda. Vendido em quatro versões, com direito às híbrido flex, o líder do segmento também é o que menos desvaloriza. Confiança mecânica, reputação da marca, conforto e a forte demanda ajudam o sedã a depreciar abaixo dos 20%.

2º – Kia Cerato: -23,12%

Cerato
(Divulgação/Kia)

3º – Chevrolet Cruze: -23,73%

Chevrolet Cruze Melhor Revenda 2023
(Divulgação/Chevrolet)

SEGMENTO: Chevrolet Cruze; Kia Cerato; Toyota Corolla

 

Sedã premium

1° – BMW Série 4: -4,84%

Continua após a publicidade
BMW 4 Series
(Divulgação/BMW)

O “cupê de quatro portas” compacto foi o sedã de marca de luxo que menos desvalorizou no último ano. E superou bem inclusive o Série 3, o modelo mais vendido da marca alemã no Brasil. Se comparado aos concorrentes, o Série 4, inclusive, foi o único do segmento a ter depreciação abaixo dos dois dígitos.

– Audi A3: -11,13%

Audi A3 Sedan Melhor Revenda 2023
(Divulgação/Audi)

– Mercedes CLA: -11,92%

Mercedes CLA Melhor Revenda 2023
(Fernando Pires/Quatro Rodas)

SEGMENTO: Audi A3, A4; BMW Série 2, 3 e 4; Mercedes-Benz Classe A, C e CLA

Ilustração Quatro Rodas
(William Mur/Quatro Rodas)

Conta certa

Continua após a publicidade

Em tempos de preços de carros zero-km cada vez mais instáveis e com reflexos diretos na tabela dos seminovos, saber quanto um veículo perde de valor tornou-se fundamental na hora de escolher um automóvel ou mesmo vendê-lo sem perder dinheiro. Por isso, o Prêmio Melhor Revenda 2023 chega à quarta edição no momento mais propício para ajudar o leitor a se atualizar e fazer o melhor negócio quando for comprar ou trocar de veículo.

Parceria da QUATRO RODAS com a Kelley Blue Book (KBB) Brasil, empresa especializada na avaliação e pesquisa de preços de automóveis, o Prêmio Melhor Revenda está na quarta edição e já se tornou uma referência quando o assunto é a desvalorização dos principais carros do mercado. A premiação tem como objetivo, além de ser um guia para o leitor, reconhecer os carros que mais preservam o investimento do dono.

Como funciona?  O Melhor Revenda premia os automóveis de passeio e comerciais leves que tiveram a menor desvalorização no período de 12 meses. Para chegar a esse índice, os especialistas da KBB tomaram como base de cálculo o preço sugerido de fábrica de cada versão dos modelos participantes quando zero-km, em fevereiro de 2022. Esse número, então, foi comparado com o Preço de Troca KBB – que calcula os valores médios das negociações do veículo particular para um lojista (o chamado Consumer to Business) – de fevereiro deste ano. É feita uma média aritmética de todas as versões do carro para se chegar ao índice de desvalorização. As únicas versões que ficam de fora dessa média são as híbridas e elétricas, avaliadas em suas categorias específicas (um mesmo carro pode concorrer em mais de uma categoria).

A dança das categorias  Na edição deste ano, foram analisados 141 modelos elegíveis distribuídos em 23 categorias. Importante ressaltar que as mudanças no mercado, a alteração da oferta e o crescimento (ou diminuição) de alguns segmentos impactaram diretamente a dinâmica do Melhor Revenda. Um exemplo é que as categorias de SUVs e de Híbridos cresceram em número de carros elegíveis. Já Hatches e Sedãs encolheram na oferta. Outras, como Subcompactos e Picapes Compactas, tiveram apenas dois competidores, cada uma. Segmentos com apenas um participante não entraram no prêmio.

Quem está apto a participar?  Pelas regras do Melhor Revenda, foram considerados apenas os automóveis e comerciais leves vendidos em fevereiro de 2022 como zero-km e com preço sugerido de fábrica menor do que R$ 500.000. E que permaneceram à venda como zero-km nas listas oficiais das montadoras em fevereiro de 2023. O teto de preço só não foi aplicado nas categorias Híbrido e Elétrico, por conta do posicionamento desse segmento.

Continua após a publicidade

Modelos que passaram por reestilizações mais significativas, remodelações, novos motores ou que trocaram de geração ficaram de fora. Por isso, não estranhe a ausência de Honda HR-V, Jeep Compass, VW Polo ou Nissan Frontier, que passaram por grandes mudanças na linha 2022.

Da mesma forma, muitos veículos lançados no ano passado também não figuram nas categorias do Prêmio Melhor Revenda. É o caso de modelos como Citroën C3 e Fiat Fastback.

Confira agora todos os vencedores do Prêmio Melhor Revenda 2023. Veja quais os modelos que menos desvalorizaram após o último ano e como se comportou o carro que você tem ou pretende ter na garagem.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.