Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Stellantis pode produzir carros chineses na sua fábrica mais antiga

A famosa fábrica de Mirafiori, em Turim, pode ser usada na fabricação de carros da Leapmotor, empresa chinesa que tem a Stellantis como acionista

Por Lucas Parente
21 fev 2024, 03h00

A Stellantis se movimentou e comprou 21% da fabricante de carros elétricos chinesa Leapmotor pelo equivalente a R$ 7,44 bilhões em outubro do ano passado. Ali surgiu a Leapmotor International, controlada pela Stellantis (tem 51% da empresa).

A nova empresa já é considerada por muitos a 15a marca do grupo Stellantis e pode ser estratégica nos planos do grupo de expandir as vendas de elétricos. Isso poderá incluir até mesmo a fabricação de modelos chineses na fábrica mais antiga da Fiat.

A fábrica em questão é a de Mirafiori, em Turim (Itália), fundada há 85 anos e que já produziu mais de 35 modelos de Fiat, Lancia, Alfa Romeo e Maserati. Em seu auge, produziu modelos como Topolino, 500, 600, 124, 127, 131, Panda, Punto e até o Uno.

Mirafiori também é a fábrica de automóveis mais antiga da Europa ainda em operação, mas os dois modelos que produz atualmente têm data de validade: o Maserati Levante sai de linha em março e seu substituto está previsto para 2027, e o Fiat 500e será substituído em 2026 por um novo modelo que ainda não tem fábrica confirmada. 

Leapmotor C11.
Leapmotor C11. (Leapmotor/Divulgação)

Hoje, a unidade produz cerca de 95.000 carros por ano. Caso a produção dos Leapmotor na Itália se confirme, até 150.000 unidades de carros elétricos e baratos poderão ser construídos na fábrica de Mirafiori a partir de 2026 ou 2027.

Antes mesmo do acordo com a Leapmotor, a Stellantis já havia anunciado um investimento de quase R$ 1 bilhão na fábrica de Turim. O projeto deve ser concluído até 2025 e faz parte “de um plano que visa transformar as principais instalações da empresa em bases a favor da descarbonização”.

“Se tivermos a oportunidade, porque faz sentido do ponto de vista econômico fabricar os carros da Leapmotors na Itália, é claro que o faremos”, afirmou o CEO da Stellantis, Carlos Tavares. A Stellantis precisaria avaliar“sua competitividade em termos de custos e qualidade”.

Leapmotor C01.
Leapmotor C01. (Leapmotor/Divulgação)

Os carros fabricados em Mirafiori seriam vendidos por concessionárias de marcas da Stellantis na Europa e ajudariam a empresa a não pagar tarifas impostas aos elétricos chineses. Mas há um impasse: a investigação sobre subsídios governamentais injustos oferecidos às fabricantes chunesas, causando problemas para empresas locais. Atualmente o caso está sendo analisada pela Comissão Europeia.

Compartilhe essa matéria via:

Apesar de todo o planejamento futuro, o presente também deve ser tratado pelas empresas. Enquanto os modelos ainda não são fabricados na Itália, a Stellantis e a Leapmotor importarão carros chineses para a Europa. O primeiro será o Leapmotor C10, um SUV médio disponível em motorizações elétricas e híbridas plug-in.

C10 Leapmotor
Leapmotor C10 (Leapmotor/Divulgação)
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.