Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Testamos o pneu que não fura e que você já pode ter no seu carro

QUATRO RODAS foi até o campo de provas da Pirelli pra testar o pneu Seal Inside e constatamos sua eficácia de vedação a furos de objetos pontiagudos

Por Eduardo Passos 3 Maio 2022, 17h03

Enquanto os pneus sem ar não se tornam realidade (por volta de 2024, de acordo com os projetos mais avançados), uma boa opção para evitar dores de cabeça no trânsito são os pneus autosselantes, como os que a Pirelli começou a produzir no Brasil. Ainda que exista no exterior há certo tempo, essa tecnologia é nova por aqui.

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

A linha Seal-Inside foi nacionalizada no fim do ano passado, com produção em Feira de Santana (BA). Seu grande trunfo é a capacidade de vedar, por conta própria, furos com até 4 mm de diâmetro – dando conta da maioria dos pregos e farpas comumente encontrados nas vias públicas.

Compartilhe essa matéria via:

A sacada da fabricante foi inserir, na parte interna da banda do pneu, uma manta selante; uma camada de cola sólida que se parece, em textura, com fitas adesivas de dupla face.

Seal Inside Pirelli
Divulgação/Quatro Rodas

Quando um objeto perfura a borracha do composto, ele é “agarrado” imediatamente pela manta. Ao retirá-lo, o material vedante é arrastado para o orifício deixado na borracha, selando as bordas do pneu.

Segundo a Pirelli, a simplicidade do mecanismo faz com que o Seal-Inside funcione mesmo sem o TPMS, mecanismo que informa, no quadro de instrumentos, a pressão de cada pneu.

Continua após a publicidade

Compostos autosselantes estão disponíveis para as linhas Cinturato, Scorpion e P Zero e, em pesquisa feita pela reportagem, modelos equipados com a tecnologia custam cerca de 10% a mais do que equivalentes convencionais.

Pirelli Seal Inside
Divulgação/Quatro Rodas

Borracheiro Embutido

Os pneus dispensam o trabalho do borracheiro na maioria dos casos, mas, se for necessário algum reparo, o profissional deve saber como repor o selante

Pneu Seal Inside Pirelli
Divulgação/Quatro Rodas

Manutenção

O material pode vedar vários furos, desde que haja separação entre eles.Uma vez removido o objeto pontiagudo, recomenda-se que  o motorista monitore regularmente a pressão do pneu, já que há probabilidade de 15% de falha.

Alinhamento e balanceamento são feitos normalmente, mas eventuais reparos no pneu devem ser realizados por borracheiros que saibam repor a manta.

Seal Inside Pirelli

Modelos

Segundo a Pirelli, cerca de 70% dos automóveis à venda no Brasil são compatíveis com pneus Seal-Inside. A tecnologia contempla do aro 16 ao 19 e há seis meses de substituição gratuita em caso de furo irreparável.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês