Clique e assine com até 75% de desconto

Falta de peças na Chevrolet

Chevrolet convoca recall, mas donos de Onix, Prisma, Spin e Cobalt não conseguem agendar o serviço por falta de peças

Por Waldez Carmo Amorim Atualizado em 9 nov 2016, 14h23 - Publicado em 12 mar 2015, 12h32
auto-defesa

Quando uma fabricante de automóveis convoca os proprietários para um recall, espera-se que o serviço seja feito com rapidez, já que se trata de uma falha de fabricação ou de projeto que pode pôr em risco a segurança. Mas esse não é o caso de alguns donos de modelos da Chevrolet que foram convocados a partir de 22 de dezembro de 2014. O recall envolve “a substituição da porca de fixação da bomba de combustível ou eventual substituição do tanque de combustível”, devido a um risco de vazamento. No total são 400 940 veículos modelos 2012 a 2014, com numeração de chassi entre CB100006 e EB204194 para Cobalt e Spin e de DG100001 a EG276280 para Onix e Prisma.

Entre esses proprietários está o contador Cleber Giovanni Maia Pereira, de Belo Horizonte (MG), que tentou agendar um horário para seu Cobalt 2013. “Só consegui fazer o recall 28 dias depois, por falta da bomba de combustível. Além disso, o mecânico que executou o trabalho disse que o tanque também terá de ser trocado. Mesmo assim, me deixaram sair com o carro e fazer uma viagem”, diz.

Situação pior é a do fisioterapeuta André Ferrari, de São Paulo (SP). “Recebi o comunicado em dezembro do ano passado e até hoje, passados dois meses, nem eu nem um amigo que tem uma Chevrolet Spin conseguimos realizar o recall. Mesmo tentando em duas concessionárias diferentes, as peças estão em falta”, afirma Ferrari, que é proprietário de um Prisma 2014.

Consultamos concessionárias de seis estados. Em todas, fomos informados de que o tempo médio de espera era de 20 dias para trocar a porca da bomba de combustível e 30 dias se fosse necessário substituir o tanque. Segundo esses atendentes ouvidos, a demora acontece devido à dificuldade da rede em atender o elevado número de proprietários envolvidos no chamado.

O POVO RECLAMA

“Na concessionária me informaram da necessidade do recall, mas até agora, um mês depois, não confirmaram quando posso agendar o serviço.” Iuri Valverde, São Paulo (SP), dono de um Cobalt 2012

Continua após a publicidade

“Quando meu marido levou meu carro à autorizada, disseram que não é preciso fazer o recall. Como ele insistiu, por ser um item de segurança, agendaram só para dez dias depois.” Simone Freitas, São Paulo, dona de um Onix 2014

RESPOSTA

A GM diz que há peças disponíveis para atender ao recall e orienta quem tiver dificuldade de agendar o serviço em alguma autorizada Chevrolet a entrar em contato com sua central de relacionamento no 0800-7024200.

CONTE-NOS SEU PROBLEMA

Seu carro tem algum defeito de fabricação ou de projeto que o deixa irritado? Ouviu falar de problema que mereça um recall? Passou por uma situação em que seus direitos de consumidor foram violados? Então escreva para nós: 4rodas.abril@abril.com.br

Continua após a publicidade
Publicidade