Clique e assine por apenas 8,90/mês

Vídeo: novo Hyundai Santa Fe custa quase R$ 300.000. Vale tudo isso?

Avaliamos com exclusividade o SUV de sete lugares, que chega a uma nova geração maior, mais potente e (muito) mais caro do que antes

Por Leonardo Felix - Atualizado em 9 jan 2020, 19h45 - Publicado em 9 jan 2020, 18h00

De maneira discreta, sem evento de lançamento ou alarde, a quarta geração do Hyundai Santa Fe chegou ao Brasil com muitas mudanças em relação ao modelo vendido anteriormente.

Sim, ele ainda é um SUV e ainda transporta até sete passageiros, mas o porte aumentou, o visual mudou drasticamente (especialmente no balanço dianteiro) e o preço subiu. Muito.

Sendo vendido a R$ 297.300 em versão única, o novo Santa Fe é mais de R$ 100.000 mais caro do que a versão de entrada da geração anterior, oferecida ainda como linha 2019 a R$ 185.000.

Continua após a publicidade

São 8 cm a mais de comprimento, 6 cm a mais de entre-eixos e 2 cm a mais de altura, mas também teve ganho substancial de peso.

Para compensar, o motor V6 naturalmente aspirado ganhou 0,2 litro, 10 cv e 2 mkgf de deslocamento, potência e torque, respectivamente.

Será o suficiente para justificar a etiqueta similar à de SUVs médios de Audi, BMW, Jaguar, Land Rover e Mercedes-Benz? O que mais de tecnologia o novo Santa Fe traz? Dê o play e confira!

Não esqueça de ativar as notificações para receber todas as novidades da QUATRO RODAS no YouTube. E deixe seu comentário no vídeo, nós queremos saber do que você gostou (ou não).

Publicidade